Pixinguinha na Praça é nova atração do Conservatório de MPB

A Orquestra À Base de Sopro lança no próximo sábado (28), uma nova atração no Conservatório de MPB de Curitiba, o Pixinguinha na Praça. O projeto pretende, ao longo do ano, homenagear o artista apresentando os principais sucessos do músico com diferentes arranjos. A entrada é franca e acontece na Praça Jacob do Bandolim, mensalmente nas manhãs de sábado a partir do meio-dia.

O maestro Sérgio Albach conta que após as apresentações na Corrente Cultural e no Dia Nacional do Choro o repertório foi muito bem recebido pelo público. “Sentimos a necessidade de mantê-lo na programação da Orquestra, tanto para a divulgação deste trabalho como para que os músicos estejam em contato com as raízes da orquestra popular brasileira”, disse Albach.

Na apresentação de estreia serão executadas 13 obras entre Choros, Maxixes, Polcas, Valsas entre outros gêneros que foram a base da formação da música popular.
Segundo o maestro Sérgio Albach a ideia é que mais músicos participem das apresentações em um intercâmbio com os músicos da Orquestra.

Sobre a Orquestra À Base de Sopro

Mantida pelo ICAC e considerada um dos principais grupos de música instrumental brasileira, o grupo foi fundado em 1998 pelo regente Roberto Gnatalli. Com aproximadamente 17 anos de existência, tem em seu currículo seis lamentos fonográficos e mais de 20 artistas convidados, dentre eles: Nelson Ayres, Joyce Moreno, Vocal Brasileirão, Toninho Ferragutti, Vittor Santos, Itiberê Zwarg, Nailor Proveta, Roberto Sion, Mauro Senise, Laércio de Freitas, Emílio Santiago, entre outros, além de um repertório de Gafieira com a cantora Roseane Santos. Atualmente com 18 integrantes, a Orquestra realiza anualmente cerca de 16 apresentações.

 

Pixinguinha na Praça

Data das apresentações: 28 de maio, 25 de junho, 20 de agosto, 24 de setembro, 29 de outubro

Horário: 12h (meio-dia)

Local: Conservatório de Música Popular Brasileira (Rua Mateus Leme, 66 Largo da Ordem – São Francisco)