Praça Afonso Botelho é liberada para a população

A Prefeitura de Curitiba liberou nesta sexta-feira (29) a Praça Afonso Botelho para uso pela população. Foram concluídas e entregues a área da academia ao ar livre e mais uma etapa da ciclovia e da pista de caminhada, além da iluminação especial, piso repaginado e um grande deck de madeira para múltiplos usos.

Também já está pronto um mecanismo de contenção de enchentes –  cisternas subterrâneas com capacidade de 750 mil litros, para reter águas de chuvas, minimizando a vazão na rede pluvial e evitando alagamentos.

Resultado de um investimento de R$ 4,6 milhões, as obras complementam as melhorias realizadas na praça para a Copa do Mundo de 2014. O secretário municipal de Meio Ambiente, Renato Lima, destacou que houve preocupação com a preservação das 200 árvores que existem no local. Outro item que teve atenção especial no projeto foi a acessibilidade, prevista em todos os setores da praça.

Com mais etapa entregue, 80% das obras da praça estão concluídos. Até o fim de maio serão finalizados os banheiros, elevador e rampas de acesso, além de mais três canchas de vôlei, uma cancha futebol e uma quadra poliesportiva.Também estão sendo construídos no local um prédio com salas de ginástica, salas de apoio e vestiários, para abrigar atividades da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude.

Os usuários da praça já receberam em dezembro de 2015 uma pista de skate de alta performance, tipo plaza, com 744 metros quadrados, concha acústica reformulada com piso de 420 metros quadrados em concreto de alta resistência para múltiplos usos, espaço de estar, parquinho, nova iluminação e parte da pista de caminhada.

A primeira fase de obras foi concluída em março de 2014, quando a praça ganhou nova iluminação e piso mais resistente. Também foi implantada uma galeria técnica de apoio à parte elétrica e hidráulica para servir à estrutura temporária que foi instalada durante a Copa do Mundo.

A Praça Afonso Botelho foi inaugurada em 1972, tem 24 mil metros quadrados e fica entre as ruas Brigadeiro Franco, Engenheiros Rebouças e Presidente Getúlio Vargas.