Preço do feijão carioquinha cai até 20,7%, mostra Disque Economia

Ele faz aquela dobradinha saborosa com o arroz. Mas o feijão tem andado meio escasso do prato dos brasileiros por conta das altas desde o ano passado. A boa notícia, no entanto, é que o grão rico em ferro e vitaminas teve uma grande queda de preço desde a última semana. Segundo levantamento do Disque Economia da Secretaria Municipal de Abastecimento e Agricultura, que comparou os valores praticados entre 20 e 24 de janeiro, o preço médio do feijão carioquinha baixou em média 20,7% e do feijão preto, 11,11%.

O levantamento do Disque Economia mostra que o quilo do feijão carioquinha caiu de R$ 7,44 para R$ 5,90 nos estabelecimentos pesquisados pelo serviço. Já o preço do feijão preto baixou de R$ 8,01 para R$ 7,12 o quilo. Quem compra nas 33 unidades do programa Armazém da Família da Prefeitura de Curitiba consegue economizar ainda mais.  O quilo do feijão carioquinha sai por R$ 3,99 e o do feijão preto custa R$ 4,20.

 Benefícios

A nutricionista Isabella Pereira, do Departamento de Educação Alimentar da Secretaria Municipal de Abastecimento e Agricultura, recomenda que o alimento faça parte da dieta diária das famílias. “Se possível, coma feijão com arroz todos os dias ou, pelo menos, cinco vezes por semana”, observa. Ela explica que a leguminosa é rica em proteínas e aminoácidos essenciais, fonte de ferro e vitaminas do complexo B. “O alimento é rico também em fibras e faz bem para o intestino”, completa.

A nutricionista dá ainda uma dica para combinar corretamente o alimento com seu tradicional parceiro: o ideal é misturar uma parte de feijão para duas partes de arroz cozido. Estes dois alimentos se completam, oferecendo uma excelente combinação de proteínas, importantes para uma alimentação saudável e equilibrada. As proteínas estão presentes em todas as estruturas do nosso corpo, além de participarem da formação dos nossos músculos e de diversas funções do sistema nervoso e de defesa do organismo.

Além disso, Isabella recomenda que as pessoas variem o tipo de feijão (preto, branco, carioquinha…) e o preparo (cozido, na salada, na sopa).

Armazém da Família

O programa Armazém da Família, coordenado pela Secretaria Municipal de Abastecimento e Agricultura, é formado por 33 unidades fixas de abastecimento instaladas em pontos estratégicos da periferia de Curitiba, bairros e terminais de ônibus, onde é feita a comercialização de gêneros alimentícios e produtos de higiene e limpeza. Os armazéns vendem as mercadorias a preços 30% mais baixos, em média, que o mercado formal.

Para comprar nas unidades do programa, o cidadão precisa morar em Curitiba, ter renda máxima familiar de três salários mínimos e meio e requerer um cartão de acesso. Para as famílias que não têm renda expressamente comprovada, por desenvolverem atividades de forma autônoma, o cartão de identificação será concedido após a realização de verificações, junto aos órgãos competentes, por parte do Núcleo Regional Núcleo Regional da Secretaria Municipal do Abastecimento correspondente ao bairro de domicílio da família.

O cadastramento e a emissão dos cartões devem ser feitos nos núcleos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento nas Regionais localizadas nas Ruas da Cidadania.

Propriedades do Feijão

– O alimento é fonte de vitaminas do complexo B (B1, B2, B3 e B9).

– Feijão é rico em proteínas e minerais, como ferro, fósforo, potássio, cobre, cálcio, magnésio e zinco.

– A leguminosa é rica em fibras e faz bem para o intestino.

– O grão ajuda a cuidar do sistema nervoso.

Dica de preparo

Antes de preparar, deixe o feijão de molho para reduzir o tempo de cozimento e os compostos (taninos, fitatos) que diminuem a capacidade de digestão de certos alimentos e causam gases intestinais. Jogue fora a água em que o feijão ficou de molho e coloque uma nova água para o cozimento. Deixar o feijão de molho, faz com que o mesmo cozinhe em menos tempo.

Salguei demais o feijão, o que fazer?

Coloque folhas de couve no cozido. As folhas absorvem o excesso de sal.

Queimei o feijão, perdi tudo?

Não! Transfira o feijão para uma panela limpa, sem raspar o feijão que grudou no fundo da panela com o restante do queimado. Acrescente água fria e uma cebola inteira com casca ou uma batata inteira sem casca. Leve ao fogo até que ferva. O caldo irá engrossar e você poderá retirar a cebola. Pronto, o feijão está salvo.

Consumo

O brasileiro come cada vez menos feijão com arroz. Do início dos anos 1970 até hoje, a participação do feijão na mesa dos brasileiros caiu 31%. O grão está sendo substituído, cada vez mais, por outros alimentos nada saudáveis, industrializados e ricos em açúcar.

 

Endereços das 33 unidades do programa Armazém da Família:

Autódromo

Rua Leonardo Novicki, 740 (Av. do Trabalhador, esquina com Rua Dr. Ivan Jorge Cury), Cajuru

Fone: 3581-1780 / 3581-1784

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 08h30 às 13h

 

Bairro Alto

Rua Rio Japurá, 1758 (esquina com a Rua Rio Jari e Av. da Integração), Bairro Alto

Fone: 3367-4143

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Bairro Novo

Rua Ana Alzira Cordeiro, s/nº (esquina com a Rua Ourizona), Sítio Cercado

Fone: 3289-3736

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Barigui/CIC

Rua: Desembargador Cid Campelo, 5.855 (entre as Ruas Ildefonso Clemente Puppi e Andrea Guimarães), CIC

Fone: 3245-4400

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Boa Vista

Av. Paraná, 3783 (esquina com a Rua Fernando de Noronha), Boa Vista

Fone: 3356-2087

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Boqueirão

Av. Marechal Floriano, s/nº (Terminal de Ônibus Boqueirão), Boqueirão

Fone: 3286-4048

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Campo do Santana

Rua Delegado Bruno de Almeida, 3.415, Rio Bonito, Campo Santana

Fone: 3265-2932

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Caiuá

Rua Maria Lúcia Locher de Athayde, 7.954 (Próximo ao Parque dos Tropeiros), CIC

Fone: 3229-4395 / 3329-5931

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Capão Raso

Rua República Argentina, 5.259 (Terminal de Ônibus Capão Raso), Capão Raso

Fone: 3212-1502

Terça a Sexta-feira, das 9h às 17h15. Aos sábados, das 9h às 13h.

 

Centenário

Rua Lourival Wendler, 600 (esquina com a Rua Ceilão, atrás do Terminal de Ônibus Centenário), Cajuru

Fone: 3581-1687

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Fazendinha

Rua Carlos Klemtz, 1.600 (ao lado do Terminal de Ônibus Fazendinha), Fazendinha

Fone: 3350-3788 / 3350-3789

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Jardim Paranaense

Rua Dr. Benedicto Siqueira Branco, 222 (final da Rua Francisco Derosso), Alto Boqueirão

Fone: 3378-1795

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Maria Angélica

Rua Prof. Júlio Theodorico Guimarães, 388-A (esquina com Rua Monte Sinai), Pinheirinho

Fone: 3212-1493

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Matriz

Rua da Cidadania Matriz (Praça Rui Barbosa), Centro

Fone: 3313-5822

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Monteiro Lobato

Rua: Odir Gomes da Rocha, 550

Bairro: Tatuquara

Fone: 3349-2399

Terça a Sexta-feira das 08:45 às 17:15

Aos Sábados das 08:30 às 13:00.

 

Nossa Senhora da Luz

Rua Sérgio Carlos Martins Leal, s/nº (ao lado da Creche Tia Eva), CIC

Fone: 3246-5539

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Osternack

Rua Guaçuí , 5.757, Sítio Cercado

Fone: 3348-9943

Terça a Sexta-feira das 08:45 às 17:15

Aos Sábados das 08:30 às 13:00.

 

Parolin

Rua Profº Plácido e Silva, 860 (esquina com Brigadeiro Franco), Parolin

Fone: 3334-5802

De terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Pilarzinho

Rua Profº Hostilio de Araújo, s/nº, Pilarzinho

Fone: 3339-9581

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Pinheirinho

Av. Winston Churchill, 15 (Terminal de Ônibus Pinheirinho), Pinheirinho

Fone: 3346-1238

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Sabará

Rua Antônio Pastre, 420 (Esq. Rua São Perpétuo e Estrada Velha do Barigui), CIC

Fone: 3249-6258

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

São João Del Rey

Rua Filósofo Huberto Rohden, s/nº (esquina com Celeste Tortado Gabardo), Sítio Cercado

Fone: 3349-3022

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Sábados, das 8h30 às 13h

 

Santa Efigênia

Rua José Carlos Puppi, s/nº (fundos do Terminal de Ônibus Barreirinha), Barreirinha

Fone: 3354-6944

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Santa Felicidade

Via Vêneto, 1.540, Santa Felicidade

Fone: 3272-9649

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Tatuquara

Rua Ernesto Germano Francisco Hannemann, 216 (Jardim da Ordem / Tatuquara), Tatuquara

Fone: 3265-3429

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Uberaba

Rua Augusto David de Moraes, 160 (Fundos Barracão Empresarial), Cajuru

Fone: 3296-5430

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Uberlândia / Vila Leão

Rua Felinto Bento Viana, 637 (Esq. Com a Praça Maria Regina Predobom Vanzo), Novo Mundo/Portão

Fone: 3229-9676

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Umbará

Rua Ana Ricardo Cordeiro, 243 (entre as ruas Vicente Negrello e Afonso Bandeira), Umbará

Fone: 3396-0934

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Vila Oficinas

Rua Eng. Costa Barros, s/nº (Terminal de Ônibus Vila Oficinas), Cajuru

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Vila Torres

Rua Iapó, 253, Rebouças

Fone: 3333-3674/3332-4186

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Vila Sandra

Rua Robert Redzimski, s/nº (esquina com Rua João Dembinski), CIC

Fone: 3285-2945/3279-2613

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Vila São Pedro

Rua Hermenegildo Bonat, 408-B, Xaxim

Fone: 3248-7202 / 3246-4452

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h

 

Vila Verde

Rua Emílio Romani, 241 (esquina com Rua Jornalista Rubens Ávila), CIC

Fone: 3569-3451

Terça a sexta-feira, das 8h45 às 17h15. Aos sábados, das 8h30 às 13h