Problemas em rede causam desabastecimentos em Curitiba e no Interior

A Sanepar informa que problemas em rede, causados por causas mecânicas e elétricas, provocaram desabastecimentos em Curitiba e região, além de cidades do Interior. Na maioria dos casos, o abastecimento será retomado até a madrugada deste domingo (21).

Em Telêmaco Borba, no Bairro BNH, as equipes já realizaram neste sábado (20) o conserto, no entanto, o sistema pode registrar desabastecimento temporário nas regiões dos bairros Três Chácaras, São Roque, BNH, Jardim Kroll e parte dos bairros Alto das Oliveiras e Socomin. A previsão é a de que o abastecimento volte à normalidade durante a noite de hoje e será de forma gradativa.

Em Curitiba, foram registrados problemas eletromecânicos no Centro de Reservação Ceasa, em Curitiba, na manhã deste sábado (20). Equipes da empresa estão trabalhando no conserto e restabelecimento do sistema de distribuição de água para as regiões dos bairros Campo de Santana, Caximba, CIC, Ganchinho, Tatuquara e Umbará. Os trabalhos devem ser concluídos até as 17h. A previsão é a de que o abastecimento volte à normalidade durante a madrugada do domingo e será de forma gradativa.

A Sanepar informa que o Centro de Reservação São Marcos, em São José dos Pinhais ficará sem energia até as 18h. Equipes da Copel fazem a manutenção da rede elétrica. A paralisação do sistema de distribuição de água interrompe o abastecimento nas regiões dos bairros Parque da Fonte, São Marcos e Campina do Taquaral. O abastecimento deve voltar à normalidade durante a madrugada do domingo (21) e será de forma gradativa.

Em Guaraniaçu, o desabastecimento foi provocado pelo rompimento da adutora de água bruta entre a captação e a estação elevatória, na manhã deste sábado (20). Equipes trabalharam no conserto da rede que deve ser concluído até às 12h. O rompimento pode provocar falta temporária de água nas regiões mais altas da cidade. O abastecimento deve voltar à normalidade durante a tarde deste sábado (20) e será de forma gradativa.

Só ficarão sem água os clientes que não têm caixa-d’água no imóvel, conforme recomendação da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). A Sanepar sugere que cada imóvel tenha uma caixa-d’água de pelo menos 500 litros. Assim, é possível ter água por 24 horas, no mínimo.

A orientação é evitar desperdícios. A Sanepar conta com a participação de todos!

O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115, que funciona 24 horas. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula.