Programação da semana tem música contemporânea, filme, jardinagem e yoga

Com a apresentação da obra musical O Lixo na Sociedade Moral, prossegue nesta segunda-feira (16), às 18h, na Capela Santa Maria, a programação da Oficina Verde 2017. Composta e interpretada pela violoncelista e maestrina Rafaele Andrade, a obra é resultado dos estudos da autora sobre as relações entre música, sociedade e natureza.

A musicista também é pesquisadora e ativista do Movimento Lixo Zero, no qual dedica-se à busca de soluções para a poluição sonora e inconsciência auditiva.

No local da apresentação vai funcionar, também, a feira Desapegue. Quem tiver objetos usados em bom estado, que não precise mais, poderá levar até o local para trocar por outras utilidades expostas na feira.

A Oficina Verde é um evento que tradicionalmente dá início às atividades do Programa de Conscientização Ambiental Nós e o Meio Ambiente, uma ação permanente da Prefeitura de Curitiba. O objetivo é sensibilizar e conscientizar a população sobre a necessidade da contribuição de todos para diminuir os aspectos negativos do impacto ambiental.

Mais eventos

Ainda dentro da Oficina Verde, na quinta-feira (19), às 14h, será apresentado o filme Fracking e Mudanças Climáticas, com roteiro que trata dos riscos do fraturamento hidráulico (fracking), uma tecnologia altamente poluente, usada na extração do gás xisto. Quem traz o tema para a Oficina é a 350.ORG Brasil, em parceria com a Coesus –  Coalizão Não Fracking Brasil pelo Clima, Água e Vida. Após a sessão, haverá debate.

Outros dois eventos acontecem na sexta-feira (20): às 14h, Oficina de Microjardinagem para crianças e adultos, com Iracema Bernardes e Vagner Cypriano de Aguiar; 17h e 18h, Aulas de Yoga com Consciência Corporal, com Áurea Silva.

A Capela Santa Maria, local de todas as atividades da Oficina Verde, fica na Rua Conselheiro Laurindo, 273, Centro. A participação nos eventos é gratuita.