Programas inovadores de Curitiba serão apresentados no Smart City Expo

Tarefas como pagar as contas e fazer compras hoje podem ser feitas no sofá de casa. Aplicativos, impensáveis há poucos anos, já mudaram a maneira como realizamos deslocamentos cotidianos. Novos modelos inovadores estão mudando o dia a dia da população. Essas mudanças, é claro, impactam diretamente na dinâmica das cidades, que têm o desafio de aprimorar gestões e serviços.

Curitiba, que já é referência internacional em planejamento urbano e qualidade de vida, também se volta agora para a inovação em todas as áreas da administração municipal. “A capital, por determinação do prefeito Rafael Greca, adotou desde o ano passado um novo modelo de gestão, o da cidade inteligente, capaz de responder às necessidades dos habitantes nos âmbitos de atração de empresas inovadoras, mobilidade, planejamento urbano, governança, meio ambiente, segurança, educação e saúde”, afirma Frederico Augusto Munhoz da Rocha Lacerda, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.

Segundo Frederico, esse novo modelo de gestão credenciou Curitiba a ser a primeira cidade brasileira a sediar o Smart City Expo 2018, que ocorrerá nos dias 28 de fevereiro e 1º de março. Neste fórum internacional, especialistas e autoridades mundiais do setor, das cidades e dos governos vão apresentar soluções aos problemas comuns que afetam as cidades. “Curitiba, é claro, tem muito a contribuir, afinal, ficou no segundo lugar geral da edição de 2017 do ranking Connected Smart Cities, que avalia as cidades mais inteligentes do Brasil”, salienta o presidente da Agência Curitiba.

 

 

Vale do Pinhão

Dentro desta visão de cidade inteligente, o Vale do Pinhão – programa da Prefeitura que estimula uma maior conexão do ecossistema de inovação de Curitiba (empreendedores, startups, universidades, investidores, poder público, grandes empresas e o terceiro setor) – será destaque no Smart City. No espaço do programa no evento, além de mostrar a missão do Vale do Pinhão e expor o que a rede vem desenvolvendo, também serão apresentadas as iniciativas pioneiras da gestão Greca em áreas como saúde, educação, empreendedorismo, planejamento urbano e até agricultura urbana.

Segundo Frederico, entre as ações que serão apresentadas no Smart City estão o programa Curitiba, Cidade das Startups, criado pela Agência Curitiba para capacitar e promover conexões entre empreendedores e a rede de inovação da cidade. Os Faróis do Saber e Inovação, espaços públicos “makers”, em que as crianças podem construir protótipos com impressora 3D, também serão apresentados no evento internacional.

Na área da saúde, será exposto o aplicativo Saúde Já, que reduziu as filas para o pré-atendimento médico nas unidades de saúde do município. Também será divulgada outra iniciativa pioneira da cidade, o Worktiba Barigui, primeiro coworking público do país e que busca criar um ambiente que incentiva o empreendedorismo de impacto.

O Centro de Agricultura Urbana, que está sendo implantado em uma área dentro do Vale do Pinhão, também será mostrado para o público do evento internacional. O espaço, atrás da Rodoferroviária, terá a missão de promover a difusão de práticas e técnicas de agricultura urbana e organização comunitária, a fim de contribuir para a educação social, alimentar e ambiental da população. “Uma cidade inteligente também se preocupa com a sustentabilidade e em resgatar a boa alimentação para a população”, salienta Frederico.

Além disso, também serão divulgadas no Smart City ações que unem instituições (públicas e privadas) e a comunidade para reabilitar áreas urbanas que integram o Vale do Pinhão. Um dos exemplos será o movimento Reação Urbana, que tem o apoio da Agência Curitiba e do Ippuc e está mapeando e promovendo debates e palestras para revitalização de bairros como o Rebouças e Prado Velho. O Engenho da Inovação, sede da Agência Curitiba e “coração” do Vale do Pinhão, também será apresentado no Smart City.

Diálogo

Cofundador e diretor da iCities, empresa responsável pela vinda do Smart City Expo para Curitiba, André Telles confirma que a capital foi escolhida para sediar o evento por melhor representar no País o conceito de cidade inteligente. “Curitiba vem mostrando que é possível, sim, haver diálogo entre a gestão municipal e os empresários, de um lado, e com a população do outro. O conceito de cidade inteligente hoje passa por escutar a voz das pessoas e atendê-las, valendo-se da tecnologia”, justifica André.

Telles observa ainda que mais de cinco mil pessoas devem participar do evento, que contará com cerca de 60 painéis debatendo questões como tecnologias disruptivas, inovação digital e desenvolvimento econômico, cidades sustentáveis do futuro e governança. O diretor da iCities lembra ainda que, no congresso realizado em Barcelona em novembro do ano passado, estavam presentes cerca de 18 mil pessoas e representantes de mais de 100 países, entre membros de organizações públicas e privadas, em um ambiente de trocas constantes de soluções urbanas inovadoras. “Queremos reproduzir isso em Curitiba e esperamos que a cidade se consolide como centro de inovações urbanas na América Latina”, acrescentou o executivo.

Sobre o Vale do Pinhão

Idealizado pelo prefeito Rafael Greca, o Vale do Pinhão é a denominação dada ao Ecossistema de Inovação de Curitiba. O ecossistema de inovação é composto por todos e quaisquer atores cujo objetivo é o desenvolvimento de inovação, como por exemplo, universidades, aceleradoras, incubadoras, fundos de investimento, centros de pesquisa e desenvolvimento, startups, movimentos culturais e criativos e a sociedade. Além da Prefeitura de Curitiba, através da Agência Curitiba, outras instituições fomentam o ecossistema, como o Sebrae-PR, a FIEP, o sistema Fecomércio-PR, a PUCPR, a UTFPR, a UP e a UFPR.

Confira toda a programação de eventos e como se inscrever nos programas para startups no site www.valedopinhao.agenciacuritiba.com.br.

Sobre o Smart City Expo Curitiba 2018

É o evento de cidades inteligentes do Smart City Expo World Congress, chancelado pela Fira Barcelona, que ocorrerá na capital paranaense entre os dias 28 de fevereiro e 1º de março, no Expo Renault Barigui. É a primeira vez que o Smart City Expo ocorrerá em uma cidade brasileira. Foi trazido e está sendo organizado pela iCities, empresa pioneira no Brasil na temática de Cidades Inteligentes.

Mais informações e inscrições no www.smartcityexpocuritiba.com.