Qual a hora de mudar de Carreira?

Início de ano combina com novas decisões e novos planejamentos. Já passaram as festas e agora é hora de encarar verdadeiramente aquilo que lhe move e lhe dá prazer.
         Sua carreira está estagnada?
         Você está insatisfeito?
         Cansou de anos executando a mesma função?

Quando a insatisfação com a carreira gera angustia e mal estar, então, é hora de alçar novos horizontes!

A plenitude na carreira muitas vezes está diretamente ligada com a plenitude pessoal! Para alguns ter a carreira de sucesso significa ter status, para outros significa estabilidade financeira, para outros ainda, significa segurança familiar. Independente de qual categoria você se enquadra a transição de carreira não é algo simples e fácil, afinal, sair da zona de conforto requer coragem e ousadia para o “novo” e “inesperado”

Identificar o motivo pelo qual você busca a transição na carreira é muito importante, pois, este será o ponto de partida para sua nova historia.

É necessário saber quais os motivos que lhe impulsionam. Normalmente, nestes meus 16 anos de experiência em Consultoria, 90% das pessoas que buscam direcionamento de carreira estão motivados pela “maior chance de sucesso”! Ou seja, estagnaram na sua carreira e precisam novamente sentir o gosto do sucesso, sentirem-se uteis e produtivas!

Há um determinado perfil profissional que luta contra o tédio, são pessoas que não suportam a mesmice diária e portanto, não dão conta da rotina em que a carreira se encontra;

Para essas pessoas o prazer está em executar algo que lhe proporcione bem estar. Não é mais, apenas a produção do trabalho que está em jogo e sim, o prazer que este lhe proporciona.

Se você concluiu que faz sentido para você mudar de carreira, então observe alguns pontos abaixo:
• Apenas valerá a pena trocar de área, se isto for  de encontro com seu ideal de vida. Autoconhecimento é tudo neste momento!
• Observe se você esta tomando uma decisão sensata, embasada em algo logico e devidamente planejado. Pois, muitos profissionais se frustram exatamente neste momento, onde agem por impulso, com base num salario atraente ou num status imaginário.
• Para o bom desempenho de qualquer função, é necessário que suas habilidades e conhecimentos sejam os desejáveis para aquela função que você está pleiteando. Portanto, não aja no escuro, pensando em desenvolve-los apenas no meio da trajetória e sim, antes mesmo de partir para a nova área.
• É necessário criar uma rede de network voltada para esta nova área que você almeja. Para que, além de você se sentir mais seguro e confiante, você possa trocar experiência e conhecimento com quem já é perito no assunto.
• Uma transição de carreira sempre gera custos! Você precisa se atualizar, investir em treinamentos, cursos, entre outros. Esteja ciente que você primeiro fará um investimento!

Mudar de carreira ou não,  é uma pergunta que somente você poderá responde-la!

No entanto, é necessário lembrar que toda mudança gera consequências tanto positivas quanto negativas.

Você precisa estar pronto para lidar com essas situações, consequências de sua própria escolha!

É preciso ter planejamento e foco para que você possa alcançar o que deseja, pensando nisto, evite tomar qualquer decisão por impulso, um passo de cada vez e quando você perceber já terá executado a transição!!

Diretora técnica da Conecta Vitta Clinic, Psicóloga Clínica, Hospitalar e Organizacional, Coach de Emagrecimento e de Relacionamento.