Rede Municipal de Bibliotecas tem acervo de 1,2 milhão de livros

Cidadãos de todas as idades têm a oportunidade de ler cada vez mais em Curitiba. Além dos estudantes da Rede Municipal de Ensino de Curitiba, a população em geral pode usufruir de um acervo de mais de 1,2 milhão de exemplares disponíveis nas unidades da Rede Municipal de Bibliotecas Escolares da Secretaria da Educação.

São 196 lugares para o incentivo da leitura: 149 bibliotecas escolares, 32 Faróis do Saber em escolas, nove Faróis do Saber em praças, três bibliotecas temáticas e uma biblioteca especializada em educação.

Só nos Faróis do Saber, tradicionais espaços de leitura da cidade, há cerca de 29 mil usuários cadastrados, pessoas que buscam, além da leitura, um local para pesquisas, acesso à internet e atividades com mediações culturais, como rodas de viola e encontros com escritores.

O desenvolvimento de projetos culturais, voltados à comunidade, dentro do Farol foi o que mudou a realidade do Farol Frei Miguel Bottacin, localizado na Vila Nossa Senhora da Luz, na Cidade Industrial.

 

 

Ali, a ação de vândalos provocou sucessivos prejuízos, como paredes pichadas e vidros quebrados. Chegaram a roubar computadores, em diferentes oportunidades, conforme relata Vanessa Noga, que trabalha nos Faróis desde 1995.

Referências literárias

Com a realização de cursos e eventos abertos à comunidade, como informática, cinema, hora do conto, xadrez e origami (técnica japonesa de dobradura de papel), as depredações diminuíram. “O Farol passou a ser um lugar cuidado por todos, estabelecendo um vínculo mais forte com a comunidade. A gente passou a ser uma espécie de referência da população, compartilhando experiências literárias, aprendizagens, conhecimento e cultura”, diz Vanessa.

Segundo a gerente da Rede de Bibliotecas e Faróis, Christiane Martins, as atividades da Rede de Bibliotecas e Faróis são diversas. “Elas exploram a literatura em sua forma mais ampla, utilizando música, teatro e uma gama rica de atrativos que fazem com que a leitura seja para acesso de todos na cidade”, afirma.

Em 2017, nos Faróis do Saber, foram registrados cerca de 1,2 milhão de empréstimos de livros e 160 mil agendamentos para uso da Internet.

Como se cadastrar

Para fazer a carteirinha nos Faróis do Saber são necessários os seguintes documentos: RG, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira Profissional, Carteira de Trabalho ou Certidão de Nascimento no caso de crianças e comprovante de residência atualizado. Nas bibliotecas, os estudantes têm livre acesso aos exemplares com a carteirinha feita a partir dos dados da matrícula.