Região central ganha mais segurança com o novo quartel da Polícia Militar

Curitiba ganhou um reforço em segurança para a região central. Iniciativa desenvolvida em conjunto pela Prefeitura e pelo Governo do Estado deu forma ao Centro de Operações da Polícia Militar, que a partir desta terça-feira (27/3) começa a funcionar na antiga Sinagoga Francisco Frischmann, na Praça Santos Dumont, entre as ruas Saldanha Marinho e Cruz Machado.

O início das atividades foi acompanhado pelo prefeito Rafael Greca e o governador Beto Richa. “Nós comemoramos o aniversário de Curitiba também com a abertura do quartel da polícia no coração da cidade”, afirmou o prefeito.

De acordo com Greca, a ideia é que a polícia some esforços com a Guarda Municipal e com a Fundação de Ação Social (FAS), que atende pessoas em situação de vulnerabilidade. “Queremos que o Centro seja seguro e habitável para todos os curitibanos e para os metropolitanos que passam por nossas igrejas, museus, calçadões e pelo centro histórico”, disse o prefeito.

No local de mil metros quadrados vai funcionar a nova sede da 1ª Companhia do 12º Batalhão de Polícia Militar, do 1º Cartório e do Pelotão da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam). Por ser uma unidade de interesse de preservação e estar no entorno de bens tombados, o espaço teve a fachada preservada.

O governador Beto Richa destacou que a unidade da polícia na região era um pedido antigo de moradores e comerciantes, possível agora por meio da integração entre os poderes do Executivo municipal e estadual. “A base da PM fica em uma posição estratégica, mais próxima da comunidade e de apoio para operações, contribuindo para a prevenção de crimes e para o patrulhamento ostensivo”, afirmou Richa.

A edificação servirá ainda como base de monitoramento e de operações em grandes eventos na região central.

Solenidade

Participaram da cerimônia os secretários estaduais da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; da Segurança Pública, Julio Reis; da Cultura, João Fiani; o secretário-chefe do Cerimonial do Governo, Ezequias Moreira; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Maurício Tortato; o chefe da Casa Militar, coronel Élio de Oliveira; e o delegado-geral da Polícia Civil, Naylor Robert de Lima.

Também estiveram no evento o vice-prefeito e secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, Eduardo Pimentel; os secretário municipais da Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel; da Comunicação Social, Marcelo Cattani; e do Meio Ambiente, Marilza Dias; além do diretor-geral da Guarda Municipal, Odgar Nunes Cardoso; o comandante do 12º Batalhão, tenente-coronel Wagner Lúcio dos Santos; o presidente do Centro Israelita do Paraná, Charles London; o diretor do Centro Israelita do Paraná, Sidney Axelrud; os desembargadores do Tribunal de Justiça Antônio Loyola Vieira e Jesus Sarrão; o cônsul honorário da Bélgica João Casillo; os deputados estaduais Alexandre Curi e Missionário Arruda; e o presidente da Associação Comercial do Paraná, Gláucio Geara.