Revés amargo

Revés amargo

A noite desta terça-feira (29) não foi como a nação coxa-branca esperava. Isso porque o Coxa acabou perdendo do Londrina, na oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, no Estádio do Café. O Verdão chegou a empatar duas vezes, com gols de Alisson Farias e Wilson, de pênalti, mas viu o Tubarão passar à frente no placar com gols de Paulo Henrique, Germano e Silvio.

Primeiro tempo termina empatado

O Coritiba entrou com duas mudanças em relação à última rodada. Chiquinho sentiu dores e não viajou com a delegação coxa-branca, e Abner entrou em seu lugar; Alex Alves voltou de suspensão no lugar de Geovane. Então, o Verdão foi a campo com Wilson, Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alex Alves, Abner, João Paulo, Simião, Alisson Farias, Yan Sasse, Pablo e Bruno Moraes.

Quando a bola rolou, o time da casa iniciou a pressão. Logo no primeiro minuto, Paulo Henrique arriscou e a bola sobrou para Germano, que conseguiu um arremate que passou pertinho da trave. E aos dez minutos, o Londrina abriu o placar com Paulo Henrique que subiu de cabeça e cabeceou para as redes.

O Coritiba precisava reagir e não demorou muito. Aos 14’, após belíssima jogada de Pablo que desceu com velocidade para o ataque, Alisson Farias ficou cara a cara com o goleiro Vagner e teve tranquilidade para limpar a jogada e marcar seu primeiro gol com a camisa coxa-branca.

O jogo ficou ainda mais movimentado, com chances para os dois lados. O Tubarão quase marcou depois que Wilson acabou escorregando, mas o cabeceio de Felipe Marques foi para fora. O Coritiba fazia pressão e também criava chances ofensivas interessantes.

Aos 40’, Yan Sasse passou para Pablo, que devolveu na medida para o Piá do Couto arriscar o chute. A bola bateu na defesa e sobrou para Bruno Moraes, que mandou por cima do gol. O Londrina respondeu na sequência, fazendo com que Wilson fizesse uma grande defesa no chute de Roberto.

Coxa luta, mas acaba cedendo o resultado

Na etapa complementar, o Coxa voltou com uma alteração: a entrada de Vinícius Kiss no lugar de João Paulo. E quando a bola rolou, o time londrinense começou pressionando o Verdão. Aos três minutos, Wilson espalmou o chute de Germano. Pouco depois, o árbitro assinalou o pênalti para o Londrina após a bola bater no braço de Thalisson Kelven. O goleiro coxa-branca até pulou para o lado certo, mas não conseguiu chegar na bola e não impediu o gol do Londrina que ficou à frente no placar.

O Coritiba precisava novamente reagir e aos dez minutos, o árbitro assinalou pênalti para o Verdão após a bola bater no braço de um conhecido da torcida alviverde, Leandro Almeida. Então, o goleiro coxa-branca Wilson atravessou o gramado e colocou a bola embaixo do braço se preparando para bater. O goleiro Vagner até apontou para o lado querendo enganar Wilson, mas o goleiro alviverde bateu forte e comemorou mais um gol com a camisa coxa-branca. O quinto dele pelo Coritiba.

O jogo continuou lá e cá. Aos 18’, Safira girou com propriedade e quase colocou o Tubarão novamente à frente no placar. O Coxa respondeu com Alisson Farias cruzou na área e Leandro Silva subiu para o cabeceio, a bola saiu rente à trave.

A partida continuava movimentada e o Londrina conseguiu marcar mais um após uma bobeira da zaga alviverde. Moisés cabeceou após bate-rebate na área e Silvio ficou livre para mandar para o gol. O Coxa sentiu o gol e ficou mais vulnerável. Aos 30’, Wilson espalmou um chute perigoso de Safira.

Aos 42’, Abner cruzou para a área da esquerda e a bola passou por todo mundo, desviou na zaga e saiu na linha de fundo. Na cobrança, Leandro Silva acabou cabeceando para a área e perdeu a chance de empatar.

O árbitro assinalou cinco minutos de acréscimo no jogo, mas o Coritiba não conseguiu empatar e sofreu a derrota na oitava rodada.

Fonte: Site oficial do Coritiba

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.