Créditos: Marco Oliveira/Site Oficial

Rubro-Negro sofre a virada e é superado pelo Bahia na estreia no Brasileirão

Na tarde deste domingo (14), o Atlético Paranaense estreou no Campeonato Brasileiro 2017. Em Salvador (BA), o Furacão foi superado pelo Bahia, de virada, pelo placar de 6 a 2.

O próximo desafio do Rubro-Negro será contra o Universidad Católica, na próxima quarta-feira (17), pela Conmebol Libertadores Bridgestone.

 

O jogo

A primeira chegada ao ataque foi da equipe da casa, aos cinco minutos. Depois da zaga atleticana afastar cobrança de escanteio, Juninho pegou a sobra e bateu para fora, sem perigo.

Aos dez minutos, o Bahia chegou com perigo pela esquerda, mas a zaga atleticana fez o corte.

A primeira chegada ao ataque do Rubro-Negro foi aos 11’. Guilherme cobrou uma falta ensaiada e Eduardo Henrique tentou a finalização, que parou na defesa baiana.

O Furacão abriu o placar aos 14 minutos. Guilherme recebeu no meio e abriu a jogada para Sidcley, na esquerda, que devolveu para o camisa 17 na entrada da área. Ele dominou, ajeitou o corpo e bateu colocado no canto para marcar o primeiro gol do Atlético Paranaense no Campeonato Brasileiro.

Em cruzamento na área, aos 19 minutos, Zé Rafael cabeceou com perigo para Weverton, mas estava em posição irregular. No minuto seguinte, Zé Rafael arriscou de fora da área e o camisa 12 praticou boa defesa, colocando para escanteio.

O Bahia chegou ao empate aos 32 minutos. Após cobrança de escanteio de Juninho, Tiago cabeceou na primeira trave e marcou.

Também em cobrança de escanteio, o Atlético Paranaense criou uma boa oportunidade aos 35’. Guilherme fez a cobrança do lado direito e Marcão desviou de cabeça, para defesa do goleiro Jean.

E foi dos pés do estreante Guilherme que começou a jogada do segundo gol rubro-negro, aos 37′. O camisa 17 cobrou falta na área e encontrou Marcão na segunda trave. O zagueiro finalizou duas vezes para marcar. 2 a 1.

Mas, em um jogo bastante aberto, o Bahia buscou o empate três minutos depois, com Zé Rafael. Nos quatro minutos seguintes, a equipe da casa chegou à virada com Régis e Edgar Junio. Nos acréscimos da primeira etapa, Régis marcou o quinto gol do Bahia.

Na segunda etapa, o Furacão finalizou a primeira bola com Bruno Mota, aos cinco minutos. Ele mandou para fora.

Aos 19’, Jonathan cruzou na área e encontrou Coutinho, que cabeceou ao lado da meta baiana.

O goleiro Weverton praticou uma grande defesa aos 25’, em cabeçada de Edson após cobrança de escanteio. No minuto seguinte, Edson pegou a sobra na área e ampliou o placar para a equipe da casa.

Aos 28′, o Furacão ficou com um jogador a menos. O zagueiro Marcão foi expulso. 

Nikão, que entrou na segunda etapa, quase diminuiu o placar aos 31’. Ele recebeu fora da área e arriscou o chute, que o goleiro Jean espalmou.

A resposta atleticana veio aos 41’, com Nikão. O meia recebeu de João Pedro, driblou dois marcadores e arriscou o chute de fora da área. A bola passou com perigo, por cima da meta.

Fonte: Site oficial do Atlético Paranaense

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.