Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Seleção Brasileira derrota a Alemanha em Berlim

Nesta terça-feira (27), a torcida brasileira acompanhou o reencontro de Brasil e Alemanha, que se enfrentaram no Estádio Olímpico, em Berlim. No último amistoso antes da lista final para a Copa do Mundo da Rússia, a Seleção Brasileira mostrou, mais uma vez, que a preparação para o Mundial segue com foco total. Na casa do adversário, com mais de 72 mil pessoas nas arquibancadas, a equipe comandada por Tite venceu por 1 a 0.

Após esse amistoso, a Seleção soma 19 jogos sob o comando de Tite. Foram 15 vitórias, três empates e apenas uma derrota, com 42 gols marcados e apenas cinco sofridos. Agora, o próximo compromisso já será oficialmente no período da Copa do Mundo!

O jogo

As duas equipes começaram a partida com muito estudo. Enquanto a Seleção Brasileira tentava jogadas pela esquerda, a Alemanha fazia boa marcação. Aos oito minutos, Toni Kroos cobrou falta de fora da área, e a bola sobrou para Mário Gómez cabecear e Alisson fazer boa defesa. A primeira boa chegada do Brasil foi após Philippe Coutinho roubar a bola e invadir a área pela esquerda. A bola sobrou para Paulinho, que quase mandou de cabeça para o gol. Os alemães também seguiram buscando o gol, mas a Canarinho estava atenta. Aos 17 minutos, Willian achou Paulinho na área, que foi travado na hora da finalização. Pressionando a saída de bola, a equipe de Tite quase marcou aos 36, quando Gabriel Jesus recebeu passe de Willian, driblou Boateng e chutou por cima do gol de Trapp. No minuto seguinte, o camisa 9 não deixou a chance passar. Fernandinho roubou a bola, Willian cruzou da direita, e Jesus cabeceou forte para fazer 1 a 0.

Na volta do intervalo, o Brasil seguiu com boas investidas e ficou perto de ampliar o marcador logo aos nove minutos após boa triangulação na área. Marcelo roubou a bola no ataque, Coutinho tocou para Paulinho, que fez o corta luz para Willian. O atacante pegou de primeira e viu Trapp espalmar, No rebote, Paulinho finalizou, mas a bola saiu para escanteio. Dois minutos depois, Gabriel Jesus deu passe para Coutinho, que chutou da entrada da área e viu a bola passar muito perto do travessão do goleiro adversário. O Brasil ainda teve a chance de ampliar aos 22, quando a bola sobrou para Jesus após cobrança de escanteio, mas a finalização de cabeça do camisa 9 acabou indo para fora. A partida voltou a ficar bem disputada nos minutos finais, mas o marcador não foi alterado. No último lance, o goleiro Alisson ainda defendeu a finalização de Draxler e confirmou a vitória brasileira sobre a Alemanha.

Brasil: Alisson, Daniel Alves, Miranda, Thiago Silva e Marcelo; Casemiro, Fernandinho e Paulinho; Philippe Coutinho (Douglas Costa), Willian e Gabriel Jesus.