Semana de prevenção às drogas tem arte, lazer e debates no Centro

Uma extensa programação de arte e lazer terá lugar de destaque na Boca Maldita e na Praça Rui Barbosa, no Centro, área de intensa circulação de público, até a próxima sexta-feira (22/6). As atividades integram a Semana Municipal de Prevenção ao Uso de Drogas, que começou nesta segunda-feira (18/6), com solenidade no Salão de Atos do Parque Barigui.

O evento foi aberto pelo secretário municipal da Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel, que destacou o papel da integração de esforços dos diversos órgãos de governo e da sociedade civil para o sucesso da proposta, e seguiu com uma palestra do delegado da Polícia Civil do Paraná, Rafael Vianna.

Também haverá palestras e debates em instituições de ensino. “Os eventos são uma mostra do que a Prefeitura oferece para dar oportunidades desejadas notadamente pelos jovens das regiões da cidade mais vulneráveis às drogas”, observou o diretor do Departamento de Políticas Sobre Drogas, Cristiano de Bastiani. Veja aqui as atividades.

Mãos dadas
“Cerca de 80% dos homicídios têm alguma forma de vínculo com o uso ou o tráfico de drogas. Para diminuirmos esse índice, precisamos que as crianças e os jovens sejam motivados por interesses saudáveis e é nisso que estamos empenhados”, disse Rangel.

A Secretaria da Defesa Social e Trânsito mantem ações e projetos voltados para o tema em parceria com outros órgãos municipais, como as secretarias municipais da Saúde e do Esporte, Lazer e Juventude, além do Instituto Shogun Rua.

Além disso, desde o ano passado conta com um guarda municipal capacitado em prevenção ao uso de drogas em cada Núcleo Regional da Defesa Social. Esses guardas têm, entre suas atribuições, que participar de ações intersetoriais sobre o tema, ampliando o enfoque. O projeto Guarda Municipal Mirim, desenvolvido em escolas da rede municipal de ensino, também trabalha o tema com os estudantes a partir do 4º ano.

Participaram da abertura da Semana Municipal de Prevenção a representante da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas, Fernanda Rodrigues Targino; a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak; e os vereadores Noêmia Rocha e Ezequias Barros, que preside a Frente Parlamentar de Política Sobre Drogas na Câmara Municipal. Três alunas da Escola Municipal Durival de Britto e Silva, no Cajuru, representaram o projeto Guarda Municipal Mirim.