Seu Casamento está em Crise?

Cresce significativamente a procura por Terapia de Casal, seria isto bom ou ruim?

A vida a dois é maravilhosa, mas junto com ela vem as diferenças que nem sempre damos conta. Hoje, onde vivemos os relacionamentos líquidos como já dizia o sociólogo Zygmunt Bauman. Época em que os relacionamentos são descartáveis, gerando angustia e insegurança, deixando cada vez mais evidente a fragilidade dos laços de afetos. Fico muito feliz quando os casais me procuram para a Terapia de Casal, mesmo que eles tragam em seus discursos que esta será a última tentativa de salvar a relação. Mesmo, sendo chamada de última tentativa, isto mostra que ainda há desejo de consertar o que não está bom, que ainda há esperança da relação voltar a ser saudável. Pode ser até pretensioso, mas, Isto faz-me crer no Amor, na necessidade verdadeira de Afeto, no não jogar tudo para o alto diante do primeiro obstáculo. Sim, isto é casamento, é um recasar-se constante é um exercício de paciência e admiração.

Casamento é ver além do próprio umbigo, é saber que não sou mais eu, que agora somos nós, e junto com o “nós” vem uma gama de diferenças e adaptações necessárias.

Então, quando eu devo procurar pela Terapia de Casal?

Existem alguns sinais que apontam que está na hora de cogitar a Terapia de Casal: Quando você percebe que a comunicação entre vocês já não é a mesma e as discussões tornam-se constantes. Quando ter programas independentes do seu parceiro(a) é muito mais prazeroso do que estarem os dois a sós. Quando a situação financeira afeta o relacionamento e o um dos parceiros vive apenas para o trabalho. Quando há queixas de traição, ciúmes, falta de planos juntos, quando há diferença de opiniões para educação dos filhos e ainda quando o sexo não é mais o mesmo, se é que ainda há relação sexual entre o casal.

O objetivo da Terapia de casal é auxiliar na resolução de conflitos e salvar a relação quando ainda há a possibilidade de resgatar este casamento, quando ainda há amor e desejo envolvidos. O final Feliz não significa somente o casal ficar junto, mas sim, resgatar a boa comunicação, o afeto, a vida sexual, o companheirismo e respeito. Ou ainda o casal pode concluir que não há mais o que salvar na relação, neste caso a terapia de casal auxilia a termina-la sem traumas e dores fortalecendo ambos para sua nova trajetória.

O papel do terapeuta é mediar a relação, ouvindo as partes juntas e individualmente. Dura em média 3 meses o processo de terapia de casal, há aqueles que desejam continuar por mais tempo, porém, individualmente, agora se fortalecendo enquanto sujeito desejante de sua própria história!