Terapia Crânio Sacral

Dando andamento as dúvidas dos leitores, um deles me perguntou o que era a Terapia Crânio Sacral modalidade de tratamento a qual me referi em um dos artigos anteriores, pois bem, a Terapia Crânio Sacral é um método muito eficaz de tratar dores de cabeça, labirintites e enxaquecas, de uma forma não invasiva.

A Terapia Crânio Sacral é um método de osteopatia craniana, que foi desenvolvido pelo osteopata e pesquisador Dr John Upledger. É um tratamento natural, manual, suave, que ajuda a detectar e corrigir desequilíbrios no sistema Craniossacral, que podem ser a causa de disfunções sensoriais, motoras e/ou neurológicas.

Essa especialidade é ensinada nos EUA e na Inglaterra, local por sinal aonde me especializei, no Institut Upledger, em Manchester.  O pré-requisito é que o profissional seja formado em fisioterapia ou osteopatia, pois se exige um conhecimento amplo da anatomia e fisiologia do corpo, principalmente do cérebro, e uma boa sensibilidade e manualidade do profissional.

Uma das vantagens desse método, é que as respostas são rápidas, em geral de 1-4 sessões, realizadas uma vez na semana, a pessoa já se sente bem melhor, reduzindo e até eliminando as dores de cabeça, enxaquecas e sensações de tontura.

O método também é utilizado para o tratamento de hérnia de disco, crises de estresse, ansiedade e distúrbios da articulação temporo mandibular (ATM), associados ao bruxismo.

Além do tratamento em si, a técnica também proporciona como benefício, uma sensação de relaxamento intensa, que muitos pacientes chegam a dormir na sessão, de tão profundamente conseguirem relaxar e eliminarem as tensões.

Especialista em Coluna Vertebral, Traumato Ortopedia Funcional, RPG e Terapia Crânio Sacral. Pós-graduada na Inglaterra. Atende na FISIOCENTER. Av. Silva Jardim, 266 – Rebouças