Jogadores comemoram o terceiro gol, na Vila. Robson Mafra

Tricolor 4×1

Com competência e poder de fogo, o Tricolor goleou o Brasil-RS por 4×1, nesta terça-feira, na Vila Capanema. Com o resultado, fechou a 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B com 20 pontos e na 10ª colocação. O jogo foi visto de perto por Lisca, que logo após a partida foi oficializado pela diretoria paranista como o novo técnico da equipe.

Em campo, sob o comando interino do auxiliar Matheus Costa, o Paraná tinha novidades: Maidana na zaga, Jhony no meio-campo e Minho no ataque. Com as opções, Renatinho ficou no banco de reservas. Apesar das investidas iniciais, foi o Brasil que saiu na frente. Aos 14 minutos, Maidana tentou cortar, mas a bola sobrou para Itaque, que de fora da área encheu o pé: 1×0. Mas, a reação não demorou. A zaga do Brasil não conseguiu cortar e João Pedro achou Robson livre. O atacante bateu no canto direito de Pitol: 1×1, aos 21 minutos.

Richard ainda mostrou reflexo em uma tentativa de Rafinha, mas o Paraná terminou o primeiro tempo pressionando com Robson e Alemão. O cenário no segundo tempo não mudou. Logo aos 4 minutos, Robson mandou de canhota e Pitol salvou com a ponta dos dedos. Aos 10, não teve jeito. Após levantamento de João Pedro, Robson foi na jogada, mas Brock dominou e bateu. No desvio da zaga, a bola morreu no canto esquerdo. Virada tricolor.

Sem diminuir o ritmo, o Paraná ainda criou uma boa jogada com Cristovam e finalização de Renatinho, que acabara de entrar, tentou de calcanhar e tocou pela linha de fundo. Na pressão, aos 30 minutos, o Tricolor ampliou. Após um bate-rebate na área gaúcha, o zagueiro Evaldo meteu a mão na bola. Pênalti, que Robson cobrou com força, no meio do gol: 3×1. A torcida ainda comemorava quando Felipe Alves fez uma grande jogada e rolou para Renatinho. Com categoria, o meia definiu a goleada: 4×1.

Fonte: Site oficial do Paraná Clube

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.