Verão deve registrar calor acima da média histórica no Brasil

O verão começou oficialmente na última sexta-feira, 21 de dezembro, e vai até o dia 20 de março do próximo ano. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, o Inmet, o período se caracteriza pela elevação da temperatura e dias mais longos que as noites, além de mudanças rápidas nas condições de tempo, com muito calor e chuvas fortes.

Segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, a estação deve ter temperaturas que irão superar a média histórica no país. De acordo com o órgão, a média histórica de temperatura máxima em todo o Brasil é de 31.5°C nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro. E, neste ano, o número deve ser superado.

 

Na última terça-feira (18), um vídeo circulou nas redes sociais, com imagens de uma caixa d’água derretendo. Segundo o usuário que compartilhou as imagens, o objeto foi danificado devido aocalor. O registro foi feito em Bangu, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, que chegou a registrar sensação térmica de 52°C no dia que o vídeo foi gravado.

Também na última terça-feira, a sensação térmica em Antonina, no litoral do Paraná, bateu novo recorde e chegou a 81ºC, com temperatura máxima superior a 44°C, de acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná.