Vitória no Couto Pereira

Foi aos três minutos do segundo tempo que o gol do Coritiba saiu na noite desta terça-feira (17), no estádio Couto Pereira. O Verdão jogou contra o Atlético-GO e comemorou seus primeiros três pontos no Campeonato Brasileiro, com a vitória obtida com o gol do Vinícius Kiss.

Comandado pelo auxiliar técnico Tcheco e sob os olhares de Eduardo Baptista, o Coritiba estreou no Couto Pereira na busca pelo retorno à elite do futebol brasileiro. Para enfrentar o Atlético-GO, a comissão técnica alviverde promoveu as entradas de Vitor Carvalho no meio campo e Kady no ataque.

Com a bola rolando, o Coritiba procurou tomar a iniciativa da partida, com mais movimentação dos atletas de meio campo. Aos sete minutos, Julio Rusch recebeu passe de Jean Carlos e bateu por cima do gol de Klever. Dois minutos depois, foi a vez de Jean Carlos arriscar e levar perigo.

Apostando nos contra-ataques, o Atlético-GO levou perigo também em jogadas específicas de bola parada. A grande chance dos goianos, porém, ocorreu após erro de saída do Coxa, que acabou com chute perigoso de Tomás Bastos, defendido por Wilson após desvio de Thalisson Kelven.

O Coxa criou uma chance de gol aos 36 minutos. Após cruzamento da esquerda, Kady desviou de letra, Bruno Moraes bateu, Klever defendeu e, no rebote, foi a vez de Jean Carlos bater e acertar a trave.

No segundo tempo, rapidamente o Coritiba transformou a superioridade do primeiro tempo em bola na rede. Aos três minutos, Jean Carlos cobrou escanteio, após desvio no primeiro pau, Vinícius Kiss tocou de cabeça para dentro do gol, marcando o primeiro do Coxa no Brasileiro.

Quatro minutos depois do gol, Kady cometeu falta em Tomás Bastos, mas foi agredido pelo meio campista do Atlético-GO. O árbitro da partida percebeu o lance e aplicou cartão vermelho no atleta da equipe visitante.

Melhor na partida, o Coxa chegou aos 11 minutos pela esquerda, Abner rolou para Jean Carlos. Ele não conseguiu bater, a bola sobrou para Kady, o meio campista bateu cruzado, Klever defendeu e no rebote Vinícius Kiss quase fez mais um. Na sequência, foi a vez de Vinicius Kiss cruzar rasteiro, mas Julio Rusch desperdiçou grande chance.

Disposto a matar a partida, o Coritiba seguiu pressionando o Atlético-GO. Aos 18’, César Benítez apareceu em velocidade pela direita e cruzou, a bola sobrou para Julio Rusch. Ele bateu com força e a bola carimbou o travessão de Klever.

O auxiliar técnico Tcheco mexeu na equipe. Chiquinho entrou na equipe alviverde na vaga de Kady. Na sequência, foi a vez do atacante Guilherme Parede aparecer no time coxa-branca, no lugar de Abner.

A grande chance de gol do Atlético-GO aconteceu aos 35 minutos em uma jogada de velocidade, Joanderson recebeu na entrada da área e bateu rasteiro, a bola passou muito perto do gol de Wilson.

Nos contra-ataques, o Coritiba teve grande chance de marcar o segundo. Aos 37’, em uma jogada de muita velocidade, Benítez serviu Chiquinho, ele invadiu a área e acabou batendo por cima do gol. Ainda antes do apito final, o Coxa teve mais uma alteração, com a entrada de Yan Sasse no lugar de Jean Carlos.

Próximo jogo

O Coritiba agora terá dez dias de preparação até a próxima partida. A terceira rodada do Campeonato Brasileiro será contra o Criciúma, no estádio Couto Pereira, no próximo dia 27 de abril, às 21h30.

Fonte: Site oficial do Coritiba

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.