Esta coluna presta homenagem a todos os empresários nesta retomada da pandemia, desejando sucessos, força e coragem.

“Na concepção jurídica, do direito comercial, atividade empresarial, ou empresa, é uma atividade econômica exercida profissionalmente pelo empresário por meio da articulação dos fatores produtivos para a produção ou circulação de bens ou de serviços.” (Wikipédia).

“Uma empresa é uma unidade económico-social, integrada por elementos humanos, materiais e técnicos, que tem o objetivo de obter utilidades através da sua participação no mercado de bens e serviços. Nesse sentido, faz uso dos fatores produtivos (trabalho, terra e capital).” (https://conceito.de/empresa).

A empresa se compõe de três elementos básicos: objetivos, pessoas e hierarquia. Problema básico: Como alcançar os objetivos organizacionais através de pessoas mediante executivos?

Os objetivos estão ligados aos interesses da empresa e às necessidades coletivas qe atinge. Á medida em que a organização satisfaz as necessidades sociais dos membros que compõe e as das coletividades que atinge, estará realizando sua função social.

A coesão e eficiência da empresa medir-se-ão pela capacidade que possui em satisfazer as necessidades das pessoas nela envolvidas. Administrar é, portanto, unir as pessoas em torno da produção de produtos e serviços.

O objetivo por si só não é capaz de trazer satisfação humana plena. Por causa do objetivo as pessoas se unem. Essa união é por sua vez fonte de satisfação.

Os meios pelos quais a organização consegue atingir seu duplo objetivo são as pessoas. Uma organização será tão eficiente quanto eficientes forem as pessoas que a compõem. A eficiência das pessoas nasce de três fatores: características da personalidade do executivo; circunstâncias sociais que envolvem o executivo; processo produtivo.

A hierarquia é o conjunto dos laços sociais que ligam as pessoas na organização. Não há empresa sem diferentes graus de subordinação e autoridade.

Segundo seus próprios conceitos, defina administração. Você acha que é possível formar uma espécie de gerente universal, um administrador que fosse capaz de administrar eficaz e eficientemente uma empresa, sindicato, escola, país ou qualquer outro tipo de organização?

Para se aprofundar um pouco sobre administração, consulte: DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL. Sérgio Foquel, Carlos César Souza. 2ª Edição. Atlas; ADMINSTRAÇÃO CONTEMPORÂNEA. David R. Hampton. Mc Graw´Hill. 2ª Edição; TEORIA Z. Willian Ouchi. Nobel. 10ª Edição. […].

Nesta retomada, o momento é importante e exige a participação de todos, inclusive das empresas, que geram emprego e renda.

Reflexão: “Cada empresa requer desempenho em três áreas principais: ela precisa de resultados diretos, construção de valores e sua confirmação, formação e desenvolvimento de pessoas para o futuro.” (Peter Drucker).

Isaac Carreiro Filho (em memória)
Titular do Coluna Patriota Isaac escreveu para o Jornal do Rebouças 160 textos no período de 2018 a 2021. Era Tenente-Coronel do Exército Brasileiro, bacharel em Ciências Militares pela AMAN, bacharel em Administração pela UFSM, especialista em Comunicações pela EsCOM, Mestre em Operações Militares pela EsAO, extensão em Política e Estratégia pela ADESG, Análise e Desenvolvimento de SI Gerenciais pelo ISPG, Curso Livre em Teologia pelo ITQ Água Verde, patriota da LDN-PR e palestrante. Faleceu aos 66 anos, vítima da Covid-19.