Toda mulher quer ser amada, encantada, respeitada, precisa de cuidados, necessita de carinho, de momentos especiais, merece ser coberta de joias, flores e tudo de bom.

A mulher virtuosa é descrita no livro de Provérbios 31, da Bíblia Sagrada: Ela compra campos, administra comércio lucrativo, vende roupas e vestes de linho.

Mulher-Maravilha é uma personagem de ficção originária das histórias em quadrinhos (HQ) publicadas pela DC Comics, dos Estados Unidos. Apesar da sua história e de seus uniformes terem sofrido alterações, a essência da personagem permaneceu a mesma. A Mulher-Maravilha, princesa e embaixadora das Amazonas da ilha Themyscira, enviada ao mundo para disseminar a paz. Defensora da verdade e da vida, luta entre os homens e o céu, entre os mortais e as divindades.

Ao lado das mulheres comuns, que ajudam suas famílias, com um trabalho quase sempre anônimo, há uma extensa lista de mulheres que dedicaram a sua vida a causas humanitárias, ícones, como a doutora Zilda Arns Neumann, vitimada por um terremoto numa missão no Haiti, que foi um exemplo de dedicação e abnegação na Pastoral da Criança da igreja católica e continua inspirando pessoas. Mereceria um Prêmio Nobel.

O cantor Erasmo Carlos eternizou uma canção chamada Mulher (Sexo frágil). Quem era o suporte do grupo liderado por Jesus? As mulheres. De vez enquando surgem afirmações absurdas como “Toda nudez será castigada” (Nelson Rodrigues), “Mulher gosta é de que apanhar” (Raul Longras). Tremendo incentivo aos maus tratos, ao espancamento. A violência contra a mulher pode deixar marcas profundas, no corpo, na alma, e filhos indesejados.

Mulher deve ser agradada, ser bem tratada como qualquer pessoa. Modernamente o homem deve ajudar nas tarefas domésticas, pois a mulher não é escrava. Ela também deve se dar ao valor e se empoderar.

O ponto de partida é a conscientização do respeito à mulher, a começar por ela mesma. Deve haver um coletivo de ações e esforços, iniciando pelas políticas públicas voltadas ao cuidado com a mulher, reforço da rede de proteção, objetivando mostrar a importância da força e da presença feminina em todos os setores da sociedade brasileira, inclusive na política.

Isaac Carreiro Filho
Tenente-Coronel do Exército Brasileiro, bacharel em Ciências Militares pela AMAN, bacharel em Administração pela UFSM, especialista em Comunicações pela EsCOM, Mestre em Operações Militares pela EsAO, extensão em Política e Estratégia pela ADESG, Análise e Desenvolvimento de SI Gerenciais pelo ISPG, Curso Livre em Teologia pelo ITQ Água Verde, patriota da LDN-PR, colunista e palestrante.