A Respiração é um ato instintivo e imprescindível, porém, maus hábitos desenvolvidos ao longo da vida – entre eles, a má postura, o estresse e a ansiedade, podem prejudica-la.
A nossa capacidade respiratória também fica prejudicada com o avanço da idade, e com algumas doenças respiratórias, a parede torácica perde parte da sua mobilidade, e os alvéolos perdem tamanho em sua superfície, reduzindo nossa capacidade de fazer as trocas gasosas.

Então, como podemos melhorar nossa capacidade respiratória?
Inicialmente mantendo uma boa postura, com as costas retas e os ombros relaxados, levemente para trás. A mandíbula e o pescoço também devem estar relaxados, ao andar olhe para frente e não para baixo. Ao permanecer sentado, procure manter a coluna ereta e evite curva-la para frente.

Em momentos de ansiedade podemos fazer os seguintes exercícios: inspire profundamente pelo nariz e solte o ar lentamente pela boca. Num segundo exercício, inspire pelo nariz, segure o ar nos pulmões por 3 segundos, e aí expire, soltando o ar. Repita umas cinco vezes cada um. Esses exercícios ajudam a acalmar e podem ser feitos em qualquer lugar.

Para melhorar a expansão pulmonar e a oxigenação uma outra boa opção são exercícios associados da respiração com os músculos dos braços e tórax: De pé ou sentado (escolha a posição o que fica melhor para você), abra os braços enquanto inspira, puxando o ar para dentro do pulmões, de forma bem tranquila, aí vá fechando os braços, soltando o ar pela boca, até as mãos se unirem na frente do tórax.

Outro exercício, levante os dois braços até a altura dos ombros, inspirando profundamente pelo nariz e ao abaixa-los expire pela boca, se sentir que o exercício está fácil e não apresenta nenhum desconforto, pode eleva-los um pouco mais, sempre mantendo o seu limite.

Além desses exercícios, não fume e procure se hidratar, tomando líquidos, como água e chás, de 2-3 litros por dia.

Alguns alimentos também ajudam na saúde do nosso sistema respiratório, entre eles destaco:
A Laranja, fruta anti-inflamatória e rica em vitamina C, auxilia na prevenção de doenças pulmonares obstrutivas crônicas, responsáveis por causar sintomas como falta de ar.

Gengibre, é um alimento natural, com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. O gengibre pode ser uma boa pedida para quem possui asma, pois ajuda a relaxar os músculos dos pulmões e a facilitar a respiração.

Açafrão da Terra, protege as células de radicais livres, reduz a inflamação e é antidepressivo.

Alho, além de ser um anti-inflamatório natural, o alho contém alicina, que é capaz de combater infecções, reduzir inflamações e prevenir doenças. Ele também ajuda a baixar a pressão alta e é ótimo para ajudar a combater estados gripais.