Aqui procuram-se fazer colocações que deveriam ser feitas de maneira mais contundente pela grande imprensa. O Brasil precisa saber.

O governo diz que há uma campanha difamante em curso que não quer saber dos fatos, com sabotagem em diversas áreas, alguém que não consegue se conter, começando a externar suas reais concepções, com interferências negativas, mesmo contra os interesses nacionais.

Os recursos colocados à disposição para o combate aos ilícitos e fiscalização são poucos, cabendo a mobilidade à PRF, PF, ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade), numa ação conjunta relevante, ajudando na fiscalização da área. São recursos caros, dispendiosos para um país pobre. Devido à grande extensão, o combate ao crime organizado ambiental não é nada fácil. O governo pretende melhorar muito a nossa fiscalização. […].

Muitos se acham democratas e acusam os demais de fascistas, o que não faz o menor sentido. Falta honestidade de propósito. Querem se fingir de leitão para poder mamar deitado.

Perigo é o estrangeiro atribuir aos índios brasileiros o título de nações indígenas, como fez a OIT (Organização Internacional do Trabalho). Isto é lesa pátria, porque os indígenas fazem questão de dizer que são brasileiros. Como cidadãos brasileiros poderiam fazer parte de outras nações? E se um dia resolvessem ser independentes como nações? Isto é um risco para a segurança nacional, para a integridade territorial, para a soberania nacional. O que são é integrantes da nação brasileira.

As tentativas de desgastar o governo brasileiro não são boas para o país. Usam o artifício das fake News para derrubar o opositor. Já colocaram elefantes na Amazônia em chamas para prejudicar o governo. A emissora N-TV alemã exibiu imagens de elefantes – animal que não faz parte da fauna brasileira – em reportagem sobre as queimadas no Brasil. A fotografia foi tirada em Botsuana, na África em 2013. “A TV da Alemanha mostra elefantes ao falar das queimadas no Brasil. “(Tarcísio Morais, 26/09/2020). Que venham as girafas, os homens da caverna e os rinocerontes!

Além de atores estrangeiros, agora a novidade é de brasileiros que procuram transmitir uma imagem negativa do País. O famigerado escritor Paulo Coelho, vivendo uma vida de marajá na Suíça, pede que os países apliquem sanções contra o país, não comprem os produtos brasileiros, prejudicando os produtores e, por tabela, a população brasileira, fragilizada pelo novo vírus chinês. “A esquerda caviar e os militontos destroem a imagem do Brasil no exterior.” (Ricardo Salles).

O descaso pela Amazônia tem mais de 30 anos. [ …]. Temos muito o que fazer na região da Amazônia Legal, de cerca de 5 milhões de Km², além da presença física, transformar ações de vigilância em ações civilizatórias efetivas.

Reflexão: “A Amazônia é propriedade dos brasileiros.” (General Heleno).

Isaac Carreiro Filho (em memória)
Titular do Coluna Patriota Isaac escreveu para o Jornal do Rebouças 160 textos no período de 2018 a 2021. Era Tenente-Coronel do Exército Brasileiro, bacharel em Ciências Militares pela AMAN, bacharel em Administração pela UFSM, especialista em Comunicações pela EsCOM, Mestre em Operações Militares pela EsAO, extensão em Política e Estratégia pela ADESG, Análise e Desenvolvimento de SI Gerenciais pelo ISPG, Curso Livre em Teologia pelo ITQ Água Verde, patriota da LDN-PR e palestrante. Faleceu aos 66 anos, vítima da Covid-19.