Você sabe o que é artrite reumatoide?

É uma doença inflamatória crônica, que pode afetar várias articulações, afeta principalmente mãos, punhos e pés, mas pode afetar também outras regiões do corpo, como a coluna cervical.

Ela é uma doença autoimune, ou seja, o próprio sistema de defesa do corpo, o sistema imunológico, ataca seus próprios tecidos. Ainda desconhece-se sua causa.  A artrite reumatoide afeta o revestimento das articulações, por isso causa dor e edema, acompanhando-se em geral de calor e vermelhidão.

 Afeta mais as mulheres, iniciando-se em geral entre os 30-40 anos de idade, e piora com a idade.

O diagnóstico clínico é feito pelo médico, que irá solicitar exames, como os de sangue e de imagem.

Com a progressão da doença, o processo inflamatório da articulação pode levar a erosão e a deformidade da articulação, podendo levar também a uma dificuldade em desempenhar adequadamente as funções daquela articulação. As deformidades mais comuns ocorrem em articulações periféricas, como os dedos, em formato de pescoço de cisne, dedos em botoeira, desvio ulnar e do hállux (a conhecida joanete).

Como é feito o diagnóstico?

Segundo o Colégio Americano de Reumatologia, o diagnóstico de artrite reumatoide é feito quando pelo menos 4 dos seguintes critérios estão presentes por pelo menos 6 semanas:

  • Rigidez articular matinal durando pelo menos 1 hora
  • Artrite em pelo menos três áreas articulares
  • Artrite de articulações das mãos: punhos, Inter falangeanas proximais (articulação do meio dos dedos) e metacarpo falangeanas (entre os dedos e mão)
  • Artrite simétrica (por exemplo no punho esquerdo e no direito)
  • Presença de nódulos reumatoides
  • Presença de Fator Reumatoide no sangue
  • Alterações radiográficas: erosões articulares ou descalcificações localizadas em radiografias de mãos e punhos.

O diagnóstico precoce e o início imediato do tratamento são fundamentais para o controle da atividade da doença, prevenção da incapacidade funcional e o retorno ao estilo de vida normal do paciente o mais rapidamente possível.

Tratamento

Embora não exista cura para a artrite reumatoide, fisioterapia e medicamentos ajudam r a retardar a progressão da doença. Os exercícios de fisioterapia ajudam a reduzir as deformidades e a melhorar a flexibilidade dos movimentos, contribuindo assim para que o paciente continue a exercer suas atividades do dia a dia.