13.2 C
Curitiba
quarta-feira, 22 maio 2024

Com mais de 50 eventos, Programa Público do MUPA entra na segunda edição

Depois do sucesso da primeira edição do Programa Público em 2022, o Museu Paranaense (MUPA) apresenta, de maio a agosto deste ano, a segunda edição do projeto experimental e bienal. Com o tema “Corpos ― Indícios, Matrizes ― Espécies”, a abertura acontece na próxima quinta-feira (16), às 19h, com uma exposição individual da artista Lenora de Barros, seguida de mesa de conversa com a artista. Todos os eventos terão entrada gratuita.

O conceito desta edição convida o público a se aproximar dos debates, trânsitos e manifestações associados ao corpo – humano, não humano, orgânico, inorgânico – como materialidade portadora e geradora de linguagens transversais, a partir de uma série de ações artísticas, educativas e culturais.

Deste Programa Público, que conta com convidados de múltiplas partes do Brasil e do mundo, participam artistas, pesquisadores, professores, arquitetos, escritores e detentores de saberes e fazeres tradicionais, como Lenora de Barros, Valentina Tong, Glicéria Tupinambá, Lia D Castro, Stefanie Egedy, Jonathas de Andrade, Leda Maria Martins, Rosane Borges, Guilherme Wisnik, José Miguel Wisnik e Débora Diniz.

Serão mais de 50 eventos, dentre mesas de conversa, performances, oficinas e exibições, a partir das quais se pretende fomentar diálogos e trocas que aproximam diferenças, colocando em destaque a relação entre corporalidades distintas e temas como história, antropologia, arqueologia, artes plásticas, artes visuais e audiovisuais, literatura, poesia, escrita, infância, educação, aprendizado, gênero, raça, identidade, religiosidade, ritualidade, sagrado, dança, música, artes circenses, moda, design, arquitetura, sonoridade e sensorialidade.

“O Programa Público, que nesta edição traz a temática do corpo em suas múltiplas acepções, reafirma a importância da cultura material e imaterial, bem como dos sujeitos e saberes que os permeiam, e busca fortalecer ainda mais o museu como um espaço de relações”, afirma a diretora do Museu, Gabriela Bettega.

As ações serão realizadas em sua maioria na Sala Lange de Morretes e nos espaços que compõem o Jardim do MUPA. Todas as atividades são gratuitas, algumas mediante inscrição ou distribuição de senhas por ordem de chegada, e a programação na íntegra pode ser conferida no site do museu.

“No MUPA, apresentamos um pequeno conjunto de obras que exploram a dimensão polifônica da palavra ‘língua’ – a um só tempo, órgão, músculo, idioma, linguagem, sistema abstrato de signos inter relacionados”, descreve o texto da curadora Pollyana Quintella, que na abertura vai mediar uma conversa com Lenora de Barros, que produz há 40 anos trabalhos em diferentes suportes e campos que refletem sobre a linguagem. A exposição fica em cartaz na sala Lange de Morretes até 9 de junho.

PROGRAMA PÚBLICO – O programa é uma forma de aproximar a comunidade a refletir e se envolver com um assunto. Para isso, o MUPA propõe uma programação especial, estendida e gratuita com diferentes ações que evocam determinada temática de forma diversa e interdisciplinar. A ideia é que o público possa experimentar, aprender, conhecer e sentir de forma ampla o que é apresentado. A fim de enriquecer sua vivência intelectual, emocional e cultural, não apenas em escala pessoal, mas de experimentação coletiva.

A primeira edição, em 2022, levou gratuitamente ao público 44 ações, entre oficinas, palestras, rodas de conversa, ações e intervenções artísticas de diversas linguagens. Foram mais de 20 mil pessoas impactadas a partir da temática “Se enfiasse os pés na terra: relações entre humanos e plantas”.

AÇÕES EDUCATIVAS – Em paralelo à programação geral, uma série de ações educativas vinculadas ao Programa Público vão acontecer de junho a agosto. As atividades têm como intuito somar a experiência às práticas e às vivências dos participantes nos encontros promovidos no espaço do Museu. As oficinas serão organizadas em diversas abordagens, pensadas para crianças e adolescentes.

Serviço

Programa Público “Corpos ― Indícios, Matrizes ― Espécies”

Abertura: quinta-feira, 16 de maio, às 19h

Confira os detalhes de todas as ações clicando aqui

Museu Paranaense – Rua Kellers, 289, São Francisco – Curitiba/PR

Entrada gratuita

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS