Prevenir é eliminar as causas de algum evento , antes que ele aconteça. Assim, prevenir a LER/DORT significa eliminar ou neutralizar os eventos ou condições que levam ao aparecimento das patologias. È importante destacar essa definição, porque em alguns locais de trabalho, a gerência e até mesmo os trabalhadores, acham que ela está relacionada ao tratamento e ao diagnóstico. Esses são processos muito importantes, para evitar o aparecimento de novos casos ou agravamento deles, mas não são sinônimos de prevenção. A empresa pode ter um bom programa medico e fisioterápico de acompanhamento dos afetados por LER/DORT, mas não ter um programa de prevenção eficiente.

Se prevenir é eliminar ou neutralizar as causas do problema, temos que investigar quais são as causas ou condições de trabalho que estão associadas ao aparecimento das LER/DORT. Tendo conhecimento de quais são essas causas, podemos partir para sua eliminação ou neutralização.

A LER/DORT são afecções musculoesqueléticas que afetam principalmente os MMSS (mãos, braços e ombros), que na sua maioria dependem do ambiente de trabalho e de suas condições para seu aparecimento. As condições de trabalho que podem levar ao seu aparecimento são movimentos repetitivos, aplicação de forças, principalmente com as mãos, levantamento e transporte de pesos, posturas inadequadas e stress, relacionadas também as condições psicossociais.

O aparecimento das patologias está ligado a exposição dos trabalhadores a esses riscos, o que depende da frequência, intensidade e duração da exposição, e também da capacidade individual, de cada um.

Sendo as causas da LER/DORT, relacionadas ao trabalho realizado, para prevenir, é necessário modificar as condições de trabalho que podem potencialmente causar as doenças.

O objetivo da ergonomia é investigar aspectos do trabalho que possam causar desconforto aos trabalhadores e propor modificações nas condições de trabalho para torna-las confortáveis e saudáveis. Para isso a ergonomia de técnicas de análise de trabalho e de conhecimentos advindos de várias outras ciências.

Sabemos que o desconforto é o precursor da maioria das doenças ocupacionais, assim sendo a preocupação com o conforto do trabalhado, que é a visão da ergonomia, é anterior ao aparecimento das patologias, prevenindo-as.

Dentro da ergonomia, a análise do posto de trabalho é essencial, para determinar a causa dos problemas. Sendo assim, os trabalhadores terão menos afecções, e precisaram se ausentar em menor número, para realizar os tratamentos fisioterápicos, um dos tratamentos mais importantes, quando o trabalhador já desenvolveu o problema.