Via de ligação, rota de treze linhas de ônibus e caminho de pedestres que se deslocam pela região central de Curitiba, a Rua Tibagi está ganhando novas luminárias em LED, que, além de melhorarem a qualidade da iluminação pública, oferecem mais segurança e conforto visual. O trabalho de substituição coordenado pelo Departamento de Iluminação da Secretaria Municipal de Obras Públicas começou nesta segunda-feira (20/4) e deve ser concluído ainda esta semana.

O planejamento prevê que, neste ano, mais 44 mil pontos de iluminação pública sejam modernizados com o uso de luminárias de LED.

“Aos poucos estamos efetuando a troca. O LED oferece maior luminosidade e gera uma economia de mais de 50% do consumo de energia elétrica. Para completar, as novas luminárias são mais duráveis. Têm uma vida útil de cerca de 50 mil horas ou seis anos”, apontou Rodrigo Rodrigues, secretário municipal de Obras Públicas.  

Segundo explica o diretor do Departamento de Iluminação, Tony Malheiros, o objetivo é dar mais eficiência e sustentabilidade ao sistema. “Iluminar mais e melhor sem pesar na rede de energia é o que buscamos. E, além de consumir menos e iluminar mais, a luminária de LED não contém mercúrio, não emite calor e nem raios ultravioleta”, disse Malheiros, ao lembrar que todos os postes republicanos presentes em 97 locais de Curitiba já estão com luminárias de LED. 

Trabalho em andamento

Assim como a Rua Tibagi, o Departamento de Iluminação está com o trabalho em andamento de troca das luminárias de vapor de alta pressão de sódio por LED nas avenidas Marechal Floriano Peixoto, Fredolin Wolf e Manoel Ribas e nas ruas Brigadeiro Franco, Domingos Antônio Moro, Fagundes Varela, Professor João Soares Barcelos, São Salvador, Sérgio Venci e no Viaduto do Colorado. Os serviços já foram concluídos nas ruas Mariano Torres, Itatiaia, Itacolomi e Augusto Stresser (Hugo Lange).

Em 2019, 16 mil pontos de iluminação pública passaram a contar com luminárias de LED. Entre os bairros beneficiados com a nova tecnologia estão Cajuru, Alto Boqueirão, Atuba, Augusta, Bacacheri, Bigorrilho, Bom Retiro, Boqueirão, Butiatuvinha, Cabral, Caiuá, Campo do Santana, Capão da Imbuia, Caximba, CIC, Fazendinha, Ganchinho Jardim Botânico, Jardim Social, Orleans, Pilarzinho, Pinheirinho, Santa Cândida, São Braz, São Miguel, Sítio Cercado, Tarumã e Vista Alegre. 

Pavimento requalificado

Ainda no passado mês de março, a Rua Tibagi teve seu pavimento totalmente requalificado. O asfalto novo foi colocado no trecho de 1.222,30 metros a partir do cruzamento com a Rua Presidente Carlos Cavalcanti e seguiu até a esquina com a Avenida Silva Jardim. 

As obras fazem parte do programa de recuperação da malha viária da cidade, que neste novo ciclo atente 61 ruas que servem de ligação entre bairros e de corredor para o transporte coletivo. As intervenções levarão melhorias a cerca de 86 quilômetros de vias que cortam 34 bairros.   

Linhas de ônibus

As linhas de ônibus que circulam pela Rua Tibagi são: 001 Circular Centra (sentido horário), 010 Interbairros I (sentido horário), 256 Barreirinha/Guadalupe, 304 Pinhais/Campo Comprido, 305 Centenário, 366 Itupava/Hospital Militar, 466 Estudantes, 469 Centro Politécnico, 505 Boqueirão/Centro Cívico, 700 Pinheirinho/Cabral, 702 Caiuá/Cachoeira, X30 Reforço Capão da Imbuia e X35 Pinheirinho/Prefeitura.