“A LDN Foi fundada no Rio de Janeiro em 7 de setembro de 1916 por um grupo de intelectuais liderados por Pedro Lessa, Miguel Calmon, Olavo Bilac e Wenceslau Braz, na época presidente do Brasil. A sua atuação está ligada à campanha vitoriosa pela implantação do Serviço Militar Obrigatório no Brasil.

Os objetivos da Liga se inseriram num ideário nacionalista que fomentava o conceito de “cidadão-soldado”, considerando as Forças Armadas como uma escola de civismo e cidadania e acreditando que os intelectuais deveriam se engajar na causa nacionalista a fim de formar um Estado mais unido e moderno. Divulgavam seu projeto através de panfletos, livros e palestras por todo o Brasil, conseguindo grande receptividade entre a população, em especial entre os estudantes. Uma de suas conquistas foi a obrigatoriedade da apresentação da carteira de reservista aos candidatos a cargos públicos.

Olavo Bilac, o seu mais importante líder, sintetizava a sua ação como um “apostolado de civismo e patriotismo“. Em suas viagens, ressaltava a importância do envolvimento dos intelectuais na causa nacionalista, como responsáveis pela defesa da pátria e pela modernização das estruturas sociais.

Encontra-se em funcionamento até aos nossos dias, sendo as sua atividades públicas mais destacadas a entrega da Ordem do Mérito Cívico da Liga da Defesa Nacional entregue aos brasileiros que mais se destacaram aos serviços cívicos e patrióticos ao país, as festividades por todo país abertura e encerramento da Semana da Pátria, a guarda do Fogo Simbólico da Pátria (a chama) que se encontra nos monumentos nacionais oficiais, e é acendida obrigatoriamente em uma Pira antes de todos os Desfiles Cívicos Oficiais de 7 de Setembro em todo território brasileiro, a promoção da Corrida do Fogo Simbólico da Pátria, que se realiza desde 1938.” (Baseado em Wikipedia e Facebook).

Seus devotados membros são conhecidos como Patriotas, trabalham voluntariamente pela causa e reúnem-se hodiernamente uma vez por mês.

No Paraná, a cerimônia da Abertura da Semana da Pátria se dá em frente ao Palácio Iguaçu geralmente no dia 31 de agosto. Além do Fogo Simbólico, conduzido por um grupo de atletas, são distribuídas Centelhas para serem utilizadas por municípios da região nas respectivas cerimônias da Semana da Pátria, culminando com o Desfile Cívico de 7 de Setembro.

“O Fogo Simbólico, idealizado por um grupo de patriotas em 1938, representa o sentimento cívico do povo brasileiro e reafirma o compromisso da juventude em manter viva a chama do amor à pátria. A ideia foi acolhida pela Liga da Defesa Nacional e, desde então, a cerimônia do Fogo Simbólico abre as comemorações da Independência na Semana da Pátria.”

O atual Presidente da LDN Diretório Regional do Paraná é o Coronel de Intendência Antonio Carlos da Silva Figueiredo e tem como Presidente de Honra o Governador do Estado do Paraná.

Isaac Carreiro Filho
Militar da Reserva Remunerada do Exército Brasileiro, especialista em Comunicações, Mestre em Ciências Militares, bacharel em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria, extensão em Política e Estratégia pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra, Curso Livre em Teologia pelo Instituto Teológico Quadrangular, professor particular, orientador de trabalhos científicos, colunista e palestrante.