O que é Doença de Parkinson, você sabe?

Parkinson é uma doença degenerativa, crônica e progressiva do sistema nervoso central. Sua causa é a diminuição intensa da produção do neurotransmissor

dopamina, substância química que ajuda na transmissão de mensagens entre as células nervosas.

A dopamina ajuda a realizar os movimentos voluntários do corpo de forma automática, não precisamos pensar em cada movimento que nossos músculos realizam graças à presença dessa substância em nossos cérebros. Na falta dela, particularmente numa pequena região encefálica chamada substância negra, o controle motor fica comprometido. E é nessa região onde se é produzida a dopamina, que quando ocorre a morte de células, a doença de Parkinson pode começar a surgir. 

Quais são os sintomas?

Geralmente, o principal e primeiro sintoma do mal de Parkinson são os tremores nas mãos, que podem evoluir para o restante do corpo. Outros sintomas podem ser movimento lento, rigidez, perda de equilíbrio, depressão, tontura, dificuldades para engolir, constipação, entre outros.

Segundo dados da OMS, O Parkinson é uma doença neurodegenerativa, que acomete 1% da população mundial com idade superior a 65.                                        (www.blog.saude.gov.br//ke279s). Em casos raros, ela pode acometer pessoas mais jovens, em torno de 40 anos.

Tratamento

O tratamento em geral é associado: medicamentoso, psicoterápico e fisioterápico.

Ele deve ir ao medico, para diagnóstico e receber as orientações medicamentos ao seu quadro.

Se tiver sintomas psíquicos, como depressão, o tratamento psicoterápico poderá ajudar.

A Fisioterapia auxiliará na redução da perda da postura, pois ainda no inicio da doença, percebe-se uma inclinação do tronco e da cabeça para frente, devido a alteração do equilíbrio e da redução na agilidade dos movimentos.Fisioterapia e atividade física são a recomendação número um, para combater os problemas da mobilidade do parkinsoniano, além de auxiliarem na manutenção da autoestima.