O Porta dos Fundos é uma produtora de vídeos de comédia veiculados na internet, fundado em 6 de agosto de 2012, no Rio de Janeiro, com aproximadamente 16,2 milhões de inscritos. Atualmente o sexto maior canal brasileiro no YouTube. (Wikipédia). Porta dos fundos também significa porta do inferno […].

O presente artigo tece algumas considerações sobre a motivação do recente ataque à sede deste coletivo de humor por integrantes de um suposto grupo de direita autointitulado Comando de Insurreição Popular da Família Integralista, que parece coisa de amador.

O Porta dos Fundos vem atacando a moral e os bons costumes da família brasileira, a fé cristã por meio de produções blasfemas e antipatrióticas, culminado com o especial de Natal em parceria com a Netflix, abordando um Jesus gay, amante de Lúcifer, discípulos degenerados, uma Maria prostituta, drogada e outras lacrações.

Precisa-se relembrar que liberdade de expressão não é liberdade de agressão. As minorias precisam entender que vivem em um Estado Democrático de Direito. O estado brasileiro, embora laico, é constituído por maioria conservadora. As minorias devem entender que, embora seja legítima a sua luta, o excesso de vitimização é prejudicial.

O princípio do cristianismo sempre foi a tolerância, a convivência pacífica, a esperança da melhoria do ser humano. Além da Bíblia, testificam sobre Jesus o historiador hebreu Flávio Josefo, Plínio e a própria Reforma Protestante.

Desafortunadamente constata-se a proliferação deste tipo de humor que em nada contribui para a área. Tentando atacar indiscriminadamente os cristãos, já tão perseguidos historicamente, a base eleitoral do governo, o governo, acabam dando um tiro no pé. Achavam que o outro lado do rio iria se calar.

O outro lado do rio pode boicotar os artistas lacradores, muitos famosos e milionários, já contumazes em atos desta natureza, seus patrocinadores e até entrarem na Justiça contra a produtora.

A tentativa de esculhambar com o cristianismo pode ser enquadrada no Art.208 do Código Penal (Decreto Lei 2848/40): “Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena – detenção, de um mês a um ano, ou multa.”

Em recente participação no programa “Conversa com Bial”, o humorista Renato Aragão condenou este tipo de humor com a religião e aconselhou ao grupo adotar outros temas.

Muitos acreditam que Jesus Cristo está vivo e sabe muito bem se defender, como disse o pastor Sila Malafaia em live recente sobre o caso. O paradigma do mundo ocidental é o modelo judaico-cristão e a Reforma protestante. Que tal este coletivo atacar Maomé?

O que estes oportunistas de plantão, sempre os mesmos, não querem saber é que existe a Lei do Retorno (Gálatas 6:7): “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá.”

Titular do Coluna Patriota Isaac escreveu para o Jornal do Rebouças 160 textos no período de 2018 a 2021. Era Tenente-Coronel do Exército Brasileiro, bacharel em Ciências Militares pela AMAN, bacharel em Administração pela UFSM, especialista em Comunicações pela EsCOM, Mestre em Operações Militares pela EsAO, extensão em Política e Estratégia pela ADESG, Análise e Desenvolvimento de SI Gerenciais pelo ISPG, Curso Livre em Teologia pelo ITQ Água Verde, patriota da LDN-PR e palestrante. Faleceu aos 66 anos, vítima da Covid-19.