O presente artigo aborda as preocupações atuais da Liga da Defesa Nacional (LDN), que são verdadeiras diretrizes que devem orientar as ações da instituição no sentido de contribuir com a ordem e o progresso do Brasil, dentro de suas possibilidades.

“Na atualidade, quatro magnas preocupações afligem a LDN:

1ª) a educação, tão desconsiderada e, desafortunadamente, ideologizada, em todos os níveis de ensino;

2ª) a deletéria ofensiva de infames grupos desagregadores, que, com o apoio de mídias engajadas, vêm violentando as famílias brasileiras, na tentativa de sua degeneração moral, inclusive de nossas inocentes crianças;

3ª) a cobiça internacional, da parte de nações hegemônicas, sobre as nossas “Amazônia Verde” e “Amazônia Azul”, patrimônios inalienáveis do povo brasileiro, riquíssimas em biodiversidade, petróleo, água doce, minerais estratégicos, etc; e

4ª) a atual conjuntura político-social, que reputamos de extrema gravidade, em face da insegurança jurídica que hoje, sem dúvidas, tolhe as ações da Operação Lava-Jato, beneficiando, em especial, os chamados “corruptos do colarinho branco”; e a incitação ao divisionismo, pela odienta luta de classes marxista-leninista, sob a  

forma do “gramscismo“, segundo diretrizes do Foro de São Paulo.

Por derradeiro, nunca esqueçamos de que as nossas Unidades – territorial e linguística -, a integração nacional e a miscigenação racial são belas heranças lusitanas que necessitamos preservar e transmitir, com ufania, a nossos filhos e aos filhos de nossos filhos! Não apenas por isso, urge repelirmos, com veemência, ideologias materialistas, internacionalistas e ateias, eis que o nosso modo de viver, livre e democrático, baseia-se em benditos princípios consagrados pelo mundo ocidental e cristão…

Senhoras e Senhores! A centenária Liga da Defesa Nacional permanecerá, iterativamente, a pugnar, com denodo constante, pela Soberania, Paz Social, Democracia, Integração Nacional, Integridade Territorial, Grandeza e Moralidade do imortal Brasil, País-Continente que não merece a canga de um destino mesquinho para o seu tamanho!

Em vigília permanente, estaremos sempre alertas! “Tudo pelo Brasil!” continuará sendo o nosso lema!

Obrigado a todos pelas honrosas presenças! Feliz Natal e um Venturoso Ano-Novo!

E que nos sirvam de constante motivação, os inolvidáveis versos do Fundador e Patrono da Liga da Defesa Nacional, também Patrono do Serviço Militar Obrigatório, o ínclito poeta e patriota Olavo Bilac:

“Ama, com fé e orgulho, a terra onde nasceste! Criança! Não verás nenhum País como este!”

Muito obrigado!”  

(Extraído e adaptado da Mensagem da Liga da Defesa Nacional – Novembro de 2019)

Neste sentido, os membros das representações da LDN, em todo o território nacional, devem promover parcerias, projetos, palestras, simpósios, colóquios e outros dispositivos, num esforço relevante de bem servir à instituição e ao País.

Isaac Carreiro Filho
Tenente-Coronel do Exército Brasileiro, bacharel em Ciências Militares pela AMAN, bacharel em Administração pela UFSM, especialista em Comunicações pela EsCOM, Mestre em Operações Militares pela EsAO, extensão em Política e Estratégia pela ADESG, Análise e Desenvolvimento de SI Gerenciais pelo ISPG, Curso Livre em Teologia pelo ITQ Água Verde, patriota da LDN-PR, colunista e palestrante.