A Linha do Tempo é muito útil em diversas áreas do conhecimento como Matemática, História e Geografia. Apropriando-se da História Geral ela é dividida em: Pré-História, que vai desde o surgimento do homem até 4.000 a.C.; Idade Antiga, de 4.000 a.C. até 476; Idade média, 476 a 1453; Idade Moderna, de 1453 a 1789; Idade Contemporânea, de 1789 até os dias atuais.

O Renascimento é o período de transição entre a Idade Média e a Moderna, que ocorreu principalmente na Itália e se expandiu por toda a Europa. Importantes acontecimentos artísticos e culturais marcaram esse momento, invadindo o ocidente do Sec. XV.

O desenvolvimento comercial, o início das grandes navegações, e a agitada atividade cultural do ocidente fez nascer um sentimento de humanidade, em que as ações fossem voltadas para o homem. […].

Inicialmente, esse sentimento humanista partiu de uma elite de intelectuais ricos, que buscavam na antiguidade, principalmente na cultura greco-romana, o ideal perfeito de civilização.

Humanismo é um movimento filosófico surgido no Sec. XV dentro das transformações desencadeadas pelo renascimento.

Valores medievaisValores renascentistas
O tempo pertence a deus, sendo pecado emprestar dinheiro a juros.O tempo pertence ao homem, que deve usá-lo em benefício próprio.
A fé é mais importante que a razão.Razão e fé são importantes.
As ações coletivas são valorizadas. As pessoas se consideram membros da cristandade.Valorizam-se o talento e a capacidade de cada um. Individualismo.
Deus está no centro das atenções (Teocentrismo).O homem está no centro das atenções (Antropocentrismo).
O corpo é fonte de pecadoO corpo é fonte de beleza.

O Iluminismo foi uma corrente de pensamento que prevaleceu na Europa no Se. XVII, o século das luzes. Os filósofos iluministas defendiam o predomínio da razão sobre a fé e acreditavam que o progresso e a felicidade seriam o caminho traçado para a humanidade.

O movimento iluminista originou-se no Renascimento cultural, científico e artístico. Para os renascentistas, a razão e a ciência eram as bases para a compreensão do mundo. Para o Iluminismo, Deus está na natureza e no homem, podendo ser descoberto pela razão.

Os filósofos formaram duas correntes; o racionalismo e o empirismo. Para racionalistas, como René descartes, o conhecimento verdadeiro é puramente intelectual. A experiência sensível precisa ser do conhecimento verdadeiro […].

Para os empiristas, como John Locke e David Hume, o conhecimento se realiza por graus contínuos, desde a sensação até atingir as ideias […].

Acrescente-se que os filósofos iluministas defendiam a liberdade de expressão dos cidadãos e a liberdade religiosa. Acreditavam que todos são iguais perante a lei e têm direito de defesa contra o abuso das autoridades.

Pelo visto, estas questões são discutidas até hoje, seis séculos depois.

Isaac Carreiro Filho (em memória)
Titular do Coluna Patriota Isaac escreveu para o Jornal do Rebouças 160 textos no período de 2018 a 2021. Era Tenente-Coronel do Exército Brasileiro, bacharel em Ciências Militares pela AMAN, bacharel em Administração pela UFSM, especialista em Comunicações pela EsCOM, Mestre em Operações Militares pela EsAO, extensão em Política e Estratégia pela ADESG, Análise e Desenvolvimento de SI Gerenciais pelo ISPG, Curso Livre em Teologia pelo ITQ Água Verde, patriota da LDN-PR e palestrante. Faleceu aos 66 anos, vítima da Covid-19.