Todas as 184 escolas e os 200 Centros Municipais de Educação infantil (CMEIs) da rede municipal de ensino de Curitiba participam até a próxima sexta-feira (11) da Semana Saúde na Escola, promovida pelo governo federal com apoio as secretarias municipais da Educação e Saúde. Foto: Divulgação

Todas as 184 escolas e os 200 Centros Municipais de Educação infantil (CMEIs) da rede municipal de ensino de Curitiba participam até a próxima sexta-feira (11) da Semana Saúde na Escola, promovida pelo governo federal com apoio das secretarias municipais da Educação e Saúde. A ação integra o Programa Saúde na Escola (PSE) e neste ano tem como tema “Comunidade Escolar Mobilizada Contra o Aedes aegypti”.

As ações da Semana Saúde na Escola são organizadas pelas próprias unidades e ocorrem em diferentes momentos, porém todas têm o objetivo de mobilizar os 147 mil estudantes da rede, profissionais da educação e comunidade escolar para a participação com equipes de saúde no controle ao mosquito transmissor da dengue, zika e febre chikungunya.

Para a coordenadora de Educação Integrada, da Secretaria Municipal da Educação, Eliane Aparecida Trojan Butenas, o envolvimento maciço da educação neste momento de epidemia de doenças caudadas pelo Aedes aegypti é fundamental.  “A forma mais eficaz de prevenção e combate a esse vetor é não deixar o mosquito nascer. É muito importante que as crianças e adolescentes, junto com os familiares, dediquem 15 minutos por semana para eliminar os criadouros do Aedes aegypti”, diz Eliane.

As atividades do programa serão desenvolvidas para mobilizar as equipes das escolas e das unidades de saúde, familiares e comunidades, abrangendo desde a Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA) para combater a proliferação do mosquito. São ações que reforçam a força-tarefa que já vem sendo desenvolvida na rede municipal de ensino a partir da campanha “Tira focos: Curitiba contra o aedes”, iniciada desde o primeiro dia letivo deste ano, em 18 de fevereiro.

A campanha estimula as unidades escolares desenvolverem atividades e divulgar informações necessárias para o combate ao mosquito e à adoção de práticas para a manutenção do ambiente escolar e residencial limpos e seguros.

No Centro Municipal de Educação Infantil, no Alto Boqueirão, meninos e meninas estão empenhados na ação. “As crianças deram mais um passo rumo à sensibilização e combate ao mosquito Aedes Aegypti elaborando e distribuindo panfletos educativos aos pais. O CMEI já recebeu a fiscalização da Saúde, que verificou nossas dependências e não encontrou focos do mosquito. Isso mostra que juntos podemos acabar com esta ameaça”, explica a diretora Ana Maria Pomin Bichara.

Saúde na Escola

Criado em 2007 pelo governo federal, o Programa Saúde na Escola é uma parceria entre os ministérios da Saúde e da Educação para promover a melhoria da qualidade de vida dos estudantes da rede pública de ensino.

Voltado à promoção da saúde e a prevenção de doenças e agravos, o programa prevê a articulação entre profissionais de saúde e das escolas para acompanhar as condições de saúde dos estudantes e realizar ações de promoção da saúde.

Avaliação e orientação nutricional, incluindo o combate à desnutrição e à obesidade infantil, fazem parte do Programa. Em 2015, os temas centrais da Semana Saúde na Escola foram alimentação saudável e práticas corporais e este ano todos se unem no combate ao Aedes aegypti.