Vertigem é um tipo de tontura sentida como uma sensação de movimento quando não há um movimento real. As pessoas geralmente sentem que elas, o ambiente, ou ambos estão girando. A sensação é semelhante à produzida pela brincadeira infantil de girar e girar e então parar subitamente e sentir tudo em volta rodando. Ocasionalmente, as pessoas simplesmente sentem que estão sendo puxadas para um lado. Vertigem não é um diagnóstico. Ela é descrita como uma sensação.

As pessoas com vertigem também podem sentir náuseas e vômitos, ter dificuldades de equilíbrio e/ou dificuldade para andar. Independentemente de como são descritas, estas sensações podem ser perturbadoras e até mesmo incapacitantes. Os sintomas causam problemas, em particular, para pessoas que executam tarefas de precisão ou perigosas, como dirigir, voar ou manusear um maquinário, mas independente das tarefas executadas, a sensação de mal estar é persistente.

A Vertigem é normalmente causada por distúrbios de partes do ouvido e do cérebro que estão envolvidas na manutenção do equilíbrio: Que são o Ouvido interno, Tronco cerebral e cerebelo e os feixes nervosos que conectam o ouvido interno ao tronco cerebral e cerebelo. Um distúrbio em qualquer uma destas estruturas pode causar vertigem. Distúrbios do ouvido interno algumas vezes também podem causar redução auditiva e/ou zumbido no ouvido. Qualquer distúrbio que afete o funcionamento do cérebro como um todo (por exemplo, hipoglicemia , hipotensão , anemia grave, bem como muitos medicamentos) também pode deixar as pessoas tontas. Em idosos ela se torna mais comum.

Pessoas que apresentam sinais de alerta, cujos sintomas são graves ou têm persistido por mais de uma hora e que estão vomitando devem ir imediatamente para um hospital. Outras pessoas devem consultar assim que for possível.

Se a vertigem persistir, as pessoas podem se beneficiar-se da Terapia Crânio Sacral, porque esta terapia atua na melhora dos movimentos das vértebras e do crânio, e o sistema vestibular tem intima relação com o crânio, restaurando a função fisiológica dessa região. Toda a extensão da estrutura vertebral, tanto vascular como neurológica, é trabalhada por meio da técnica, que vai desenvolvendo com eficácia as funções do labirinto. Muitos médicos optam por essa alternativa, pois a readequação do equilíbrio acontece de forma natural e sem a injeção de medicamentos fortes, que podem comprometer a estrutura neural e também o sistema sanguíneo. Essa reabilitação em geral é gradual e se dá ao longo das sessões, mas o progresso é efetivo, meus pacientes referem melhora dos sintomas já na primeira sessão.

Além da terapia Crânio Sacral, também recomendo aos pacientes que evitem movimentos bruscos da cabeça, e que ao mudarem de posição, por exemplo, de deitado para sentado, sempre fiquem nessa posição alguns segundos, antes de ficarem na posição de pé, bem como outras orientações para o dia a dia que são ensinados durante o tratamento.