Violência contra a Mulher

O país está doente e sofre com o problema da violência contra a mulher. Segundo estatísticas, são mais de 50 mil mulheres que sofrem com algum tipo de violência no Brasil.

A violência contra a mulher brasileira está chegando a números alarmantes. Há violência em toda parte: em casa, no trabalho, nas ruas.

Dizem que em briga de marido e mulher ninguém deve meter a colher. Dependendo, deve sim, até para evitar mal maior como a morte.

Existem casos absurdos em que se mata a mulher simplesmente pelo fato de ser mulher: o feminicídio. Até onde vamos parar com esta grande perversidade?

Alguns experts afirmam que os casos crescentes de violência vivenciados em nosso país são devido a uma década de políticas públicas e programas sociais mal fadadas. A afirmação é verdadeira até certo ponto, na medida em que a nossa justiça, paradoxalmente, tem privilegiado os bandidos em detrimento das vítimas, muitas vezes em nome do respeito aos direitos humanos.

Todas as mulheres merecem ser tratadas com o devido respeito, ainda que profissionais do sexo, já que são geradoras da vida humana, educadoras da prole, em muitos casos, provedoras do lar.

Pode-se afirmar, sem medo de errar, que há muitos “pelos lisos” até mesmo dentro de templos de qualquer natureza, que procuram satisfazer os seus instintos carnais, desrespeitando as mulheres, cujos casos têm sido tratados com vista grossa como se nada tivesse acontecido.

Numa sociedade cada vez mais doente, urge reconhecer a força e a virtude da mulher brasileira para ajudar a sociedade a ser um pouco melhor.

Se alguma coisa precisa mudar é o homem em seu modo de agir e pensar. Nunca admiti brincar de casinha, fazer comidinha e essas coisas atribuídas às meninas. A coisa muda quando se é pai de duas meninas. Agora, sem deixar de ser homem, virei até chef de cozinha.

Mas, apesar de tudo e de todos, deseja-se paz, saúde, coragem e determinação para todas as mulheres do país, para que elas possam contribuir, nas melhores condições possíveis, para o bem das famílias e da comunidade.

Acredito que a chave para o sucesso na vida está na prática da palavra amor nos seus mais variados aspectos. Como diz o provérbio latino: Amor amore compensatur (Amor com amor se paga).