Como preparar um saboroso acarajé será o tema da aula inaugural do Programa Gastronomia Étnica, neste sábado (27/4), às 8h30, na cozinha experimental do Mercado Municipal. Os interessados podem se inscrever no local ou pelo portal e pagar uma taxa de R$ 30. As turmas terão no mínimo 20 e no máximo 30 alunos.

Especialidade das culinárias africana e afro-brasileira, o acarajé é um bolinho de massa de feijão-fradinho, cebola e sal, frito em azeite de dendê. Antes de aprender a prepará-lo, os alunos saberão como escolher os ingredientes e os locais onde encontrá-los. Para isso, acompanhados pela instrutora Márcia Santos, eles descerão em grupos até os boxes do Mercado Municipal.

A iniciativa é uma parceria da Fundação Cultural de Curitiba com a Secretaria Municipal do Abastecimento e a Ascesme (entidade que reúne os comerciantes do local) para ensinar os interessados a preparar pratos típicos das diferentes etnias que convivem em Curitiba.

“A comida é uma das manifestações mais marcantes da diversidade cultural que caracteriza os povos. Por isso, além de conhecida, ela precisa ser respeitada e valorizada”, observa o coordenador de Etnias da Fundação Cultural e autor do projeto, Carlos Hauer Amazonas de Almeida.

Os instrutores do Programa Gastronomia Étnica não são especialistas em gastronomia. Eles aprenderam receitas típicas com familiares e amigos. É o caso de Márcia e todos os instrutores que estarão no local para ensinar especialidades gastronômicas do Brasil e do mundo, sempre na manhã dos último sábado de cada mês.

Serviço: Gastronomia Étnica ensina a fazer acarajé

Data: sábado (27/4)

Horário: das 8h30 às 12h

Local: Mercado Municipal (Rua da Paz, 608, 1º andar)

Informações e inscrições: (41) 3264-6020, das 8h às 12h e das 13h às 17h, ou neste link