Fruet recebe prefeito eleito e apresenta carteira de R$ 3,9 bilhões de projetos em andamento

O prefeito Gustavo Fruet recebeu nesta quinta-feira (3), em seu gabinete, o prefeito eleito Rafael Greca e integrantes de sua equipe de transição. Durante o encontro, acompanhado pela imprensa local, Fruet fez um breve relato da situação em que deixará a Prefeitura e entregou a Greca um resumo dos projetos de infraestrutura em andamento. O prefeito também apresentou os membros da atual gestão que integrarão a equipe de transição e colocou a equipe da Prefeitura à disposição para qualquer esclarecimento necessário.

Os procedimentos relativos à transição foram definidos por meio de uma portaria que atribui à Secretaria de Planejamento e Administração a coordenação dos trabalhos. A equipe de supervisão é formada pelos secretários do Planejamento, Fábio Dória Scatolin, e de Governo, Ricardo Mac Donald Ghisi; pelo procurador geral do Município, Joel Macedo Soares Pereira Neto; pelo subprocurador geral, Cicero Staut da Silva; e pela superintendente de Planejamento da Seplad, Ana Cristina Zornig Jayme.

Fruet relatou que os contratos de investimento do Município com a União somam R$ 3,95 bilhões, valor que compreende projetos nas áreas de mobilidade, saúde, educação e a habitação. Parte desses projetos já está em andamento, como é o caso do lote 3,1 da Linha Verde, entre a Avenida Victor Ferreira do Amaral e o Hospital Vita, e do lote 3,2, que corresponde à trincheira da Rua Fúlvio Alice (a ser custeada integralmente pela Prefeitura), em fase inicial de obras.

Há vários projetos com atrasos nos repasses do governo federal. O projeto de gestão de risco de bacias hidrográficas e drenagem, por exemplo, é orçado em R$ 791 milhões, dos quais apenas R$ 24,6 milhões foram repassados até agora.

Além disso, há vários projetos prontos, que aguardam liberação do governo federal para lançamento das licitações. É o caso dos projetos de aumento da capacidade e velocidade do BRT e da ampliação e modernização da linha Inter II; do Centro de Convenções e Feiras; do Instituto da Mulher e do Hospital da Zona Norte; e de novos Centros Municipais de Educação Infantil.

“Vamos deixar um pacote de projetos muito importantes para a cidade, confiando na retomada da economia mais adiante”, disse Fruet. Ele também destacou uma série de alterações que a Prefeitura precisou fazer nos últimos anos no quadro de pessoal, por conta de decisões judiciais, como a transição dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de trânsito para o quadro de servidores de carreira.

Fruet afirmou que todas as informações sobre projetos, situação fiscal e serviços da Prefeitura estão inteiramente à disposição da equipe do prefeito eleito. “Não vamos deixar nenhuma surpresa, nenhuma bomba-relógio para a próxima gestão”, afirmou.