Junto com o inverno, se aproxima a temporada das festas juninas, ocasião que, além dos quitutes e danças típicas, traz uma oportunidade para estimular o brincar. Afinal, são várias as opções de brincadeiras juninas que podem desenvolver o raciocínio, a linguagem, a autoestima e a coordenação motora.

As atividades lúdicas e brincadeiras desempenham um papel importante no desenvolvimento infantil. Segundo Suellen Sena, professora de Educação Física do Colégio Marista Santa Maria, “as crianças precisam relacionar-se de forma intensa com o outro e com o ambiente. Precisam criar vínculos. A partir disso, ela conhece suas singularidades e prepara-se para ampliar seu olhar sobre o mundo”.

A brincadeira tem seu caráter de lazer, mas é também essencial para a saúde. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que 78% das crianças brasileiras não se movimentam o suficiente. O esperado é que os pequenos tenham ao menos uma hora de atividade física por dia.

Engajar as crianças em brincadeiras juninas que envolvem atividades físicas é, além de saudável, uma oportunidade para desenvolver a agilidade, a coordenação motora, noções espaciais e ritmo.

Confira 7 brincadeiras juninas para aproveitar neste inverno:

Dança da laranja
A brincadeira consiste em dançar em dupla, segurando uma laranja na testa, barriga ou bochecha. Ganha a dupla que conseguir segurar a laranja até a música acabar.

Jogo das argolas
Posicione garrafas pet cheias de água ou areia. Cada criança arremessa cinco argolas por vez (que podem ser feitas com qualquer material, até mesmo jornal amassado). Ganha quem fizer mais pontos.

Corrida do saco
Para esta corrida, cada criança entra em um saco grande feito de pano e espera o sinal para a largada. O objetivo é chegar à linha de chegada se locomovendo aos saltos, sem cair. 

Carrinho de mão
Em duplas, uma das crianças fica na posição de “carrinho de mão”, com as mãos apoiadas no chão e as pernas retas, suspensas para trás. A outra criança a segura pelos pés enquanto ela “caminha” com os braços. Ganha o “carrinho de mão” que completar o percurso primeiro.

Cabo de guerra
Separe as crianças em dois times e trace uma linha no chão. Alinhando o meio da corda com a linha traçada, cada um segura uma ponta da corda e começa a puxar. O objetivo é puxar o time adversário até a marcação no chão.

Corrida do ovo
Esta é simples: o ovo fica na colher, que é segurada pela boca. Ganha quem chegar primeiro na linha de chegada com o ovo inteiro.

Corrida de três pernas
As crianças devem formar duplas e ficar unidas pelas pernas, que serão amarradas com uma tira de pano. Com uma perna livre e uma presa à do colega, elas precisam correr juntas até a linha de chegada. Vence a dupla que chegar primeiro.