10.7 C
Curitiba
sexta-feira, 19 julho 2024

Atletas treinam e ensinam crianças na Arena de Patinação de Curitiba

O vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, esteve nesta terça-feira (2/7) na Arena de Patinação Artística de Curitiba, em Santa Felicidade, para reforçar o apoio recorrente do município à Escola Curitibana de Patinação Artística, cujos treinamentos são feitos no local.

Pimentel conversou com coordenadores e professores, ouviu atletas e alunos, acompanhou parte do treinamento e percorreu a moderna e funcional estrutura esportiva inaugurada em setembro de 2022 e reconhecida como a primeira arena coberta pública para a prática de patinação artística sobre rodas do Brasil.

“Estou aqui na primeira arena pública coberta de patinação artística do País, espaço feito na nossa administração e que dá oportunidade aos atletas de alto rendimento se prepararem para competições representando Curitiba e também às crianças e aos adolescentes treinarem gratuitamente e se aperfeiçoarem. Isso é o esporte com inclusão social”, destacou Eduardo Pimentel.

Dedicação ao esporte

Na conversa com professores e o grupo de patinadores, Eduardo Pimentel pediu apenas dedicação, treino e compromisso como contrapartida ao apoio oferecido pelo Programa Municipal de Incentivo ao Esporte. “Peço apenas que se dediquem, treinem e continuem firmes no esporte aqui na comunidade”, reforçou.

A visita teve ainda a presença do vereador Mauro Ignácio e da presidente da Apac (Associação de Pais e Amigos dos Patinadores Artísticos de Curitiba), Cíntia Carla Paintner.

Resultados expressivos

O Programa de Incentivo ao Esporte da Prefeitura de Curitiba, que beneficia a Escola Curitibana de Patinação Artística, entre outras instituições e atletas, já apresenta resultados expressivos, com os bons resultados de esportistas reconhecidos nacionalmente e em competições internacionais.

Maysa Veiga, de 20 anos, é uma atleta de alto rendimento. A patinadora compete há dez anos e treina na Arena de Patinação de Curitiba desde 2022.

Campeã panamericana em 2022/2023 e medalhista de bronze nos campeonatos mundiais do mesmo ano, Maysa reconhece a qualidade da Arena de Patinação Artística de Curitiba e a oportunidade da contrapartida social dedicada à comunidade.

“Eu treino aqui desde 2022 e ainda posso contribuir com os alunos do município ajudando nos treinamentos. Para mim, isso é muito importante, porque entendo que o esporte e a patinação mudam a vida das pessoas, mudam a realidade social”, afirmou Maysa.

Contrapartida social

Professora de patinação e técnica da equipe da Apac, Fabiana Constantino destacou os resultados dos atletas de alto rendimento da modalidade inseridos no Programa Municipal de Incentivo ao Esporte, mas também a importância da contrapartida social à comunidade.

“Temos hoje, um ano e meio depois, resultados importantes, com três atletas campeãs brasileiras, 12 participantes no último campeonato paranaense e oito atletas que vão disputar o Troféu Brasil. A semente está plantada e essa contrapartida é muito positiva, pois os atletas ajudam a ensinar as crianças da cidade”, salientou.

Incentivo ao Esporte

De acordo com a técnica, 22 atletas de alto rendimento são incentivados pelo município de Curitiba, por meio da Smelj (Secretaria Municipal do Esporte Lazer e Juventude).

Já as aulas atendem 60 estudantes de várias regiões da cidade, com idade entre 7 a 17 anos, na arena cedida pela Prefeitura de Curitiba para os treinamentos promovidos pela Apac, com apoio da Smelj.

As aulas ocorrem duas vezes por semana, nas terças e quintas-feiras, em dois horários: às 13h30 e às 14h30. Os outros horários são dedicados aos atletas de alto rendimento apoiados pelo município.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 120 | JUNHO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS