O Paraná Clube fez um bom jogo, criou algumas chances de gol – em especial na segunda etapa –, mas não conseguiu evitar a derrota no primeiro jogo do mata-mata diante do Botafogo. O time de Paulo Autuori fez 1×0, na noite desta terça-feira, no Nilton Santos, e agora leva a vantagem do empate para o jogo da volta, semana que vem (dia 18, quarta), na Vila Capanema.

“Lamento as chances desperdiçadas. Mas, o time se comportou bem e mostrou que tem força para reverter o quadro na nossa casa, com o apoio em massa de nossa torcida”, disse o técnico Allan Aal. O Paraná Clube sofreu o gol muito cedo. Logo aos 11 minutos, num descuido de marcação, Luiz Fernando avançou pela direita e bateu cruzado. A bola passou por baixo de Fabrício e entrou no canto: 1×0.

O Paraná demorou a reagir e nas poucas vezes que chegou, os arremates foram facilmente defendidos por Gatito Fernandez. Do outro lado, Luiz Fernando carimbou o travessão de Marcos, num tiro de fora da área, aos 34 minutos. Pouco depois, o Botafogo chegou novamente num cabeceio de Bruno Nazário pra fora. A resposta do Tricolor surgiu num chute forte de Andrey, que Gatito espalmou. Nos acréscimos, Paulo Henrique chutou da direita, a bola desviou e quase “caiu” no gol do Botafogo.

Na etapa final, o Paraná voltou melhor. Os avanços de Paulo Henrique traziam dificuldade para a marcação botafoguense, mas as finalizações não foram contundentes. Com a entrada de Mosquito, o Tricolor ganhou velocidade e numa jogada entre ele e Andrey, Renan Bressan bateu e Gatito espalmou pela linha de fundo. Robson e Furtado também entraram e o Paraná seguiu lutando até o fim, mas sem conseguir o empate. Agora é esperar o jogo da volta e, com a Vila lotada, correr atrás da classificação.