15.4 C
Curitiba
sexta-feira, 24 maio 2024

Com golaço e muita raça!

Foi uma verdadeira batalha na Ligga Arena! Na raça, no coração e na bola, o Furacão superou o Internacional neste domingo (21). Um chutaço de Canobbio definiu a vitória do Athletico por 1 a 0 e garantiu mais três pontos no Brasileirão.

Além do golaço, o que garantiu o triunfo foi uma atuação de gala do sistema defensivo rubro-negro. Thiago Heleno, em uma jornada de excelência, comandou a retaguarda, que ainda teve em Bento e Kaique Rocha duas figuras notáveis.

O triunfo deixa o Furacão com seis pontos conquistados e entre os primeiros colocados na classificação. O próximo desafio pelo Brasileiro está marcado para domingo (28), contra o Juventude, em Caxias do Sul (RS).

Antes, tem duelo pela CONMEBOL Sudamericana! Na quarta-feira (24), o Rubro-Negro enfrenta o Danubio, no Uruguai, às 19h.

O Jogo

O primeiro tempo foi de muita disputa e poucas chances. O Athletico buscava o ataque, mas esbarrava em uma bem posicionada defesa do Inter. O time gaúcho, além de ameaçar em lances pontuais, aproveitava cada oportunidade para amarrar a partida e gastar tempo.

As melhores chances de gol do Furacão aconteceram já nos minutos finais, em dois chutes de Cuello. Na primeira, o goleiro Rochet quase deu rebote para Canobbio, mas conseguiu se recuperar. Na segunda, a bola passou muito próxima à trave e foi para fora.

Após o intervalo, o Rubro-Negro voltou ao campo com Christian e Zapelli nos lugares de Cuello e Julimar. As mudanças deram resultado e as oportunidades começaram a aparecer desde o início da etapa final.

Em uma falta lateral batida por Zapelli, Christian quase conseguiu desviar na segunda trave. Em outra bola levantada na área, Kaique Rocha aproveitou a sobra e mandou de primeira, por cima do gol. E em um chute cruzado de Esquivel, o goleiro do Inter desviou e ainda conseguiu defender a cabeçada de Christian no rebote.

Mesmo com o Furacão melhor em campo, o adversário também era perigoso nos contra golpes. Em um chute de Borré, Bento fez boa defesa. O mesmo Borré pegou o rebote e bateu para o gol, mas Thiago Heleno estava lá para salvar em cima da linha.

Até que, aos 25′, veio o lance que definiu o marcador. Fernandinho acionou Canobbio pela direita. Na entrada da área, o uruguaio dominou e tentou o passe para Pablo, que entrava pelo meio. A bola bateu em Robert Renan e voltou para Canobbio, que limpou a marcação e, com a perna esquerda, mandou o chute mortal. Na gaveta!

Atrás no placar, o Inter mudou sua postura. Agora com pressa de atacar, o time gaúcho foi em busca do empate. E a pressão aumentou ainda mais depois que Canobbio recebeu dos cartões amarelos em sequência e acabou expulso, aos 41′.

A arbitragem ainda deu oito minutos de acréscimos. E com um homem a menos, o Athletico se desdobrou para segurar o ataque colorado. Já aos 50′, Borré acertou uma cabeçada que explodiu na trave. A vitória era mesmo rubro-negra!

Clube Athletico Paranaense
Clube Athletico Paranaensehttps://athletico.com.br/
Clube Athletico Paranaense é um clube de futebol brasileiro, da cidade de Curitiba. Foi fundado em 26 de março de 1924, a partir da fusão do International Foot-Ball Club e do América Futebol Clube. Suas cores tradicionais são o preto e o vermelho, que lhe rendem a alcunha de rubro-negro.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS