A primeira vitória fora de casa no Brasileirão saiu! E em grande estilo! Mesmo com um time modificado, de olho no duelo diante do Boca Juniors, o Athletico superou o CSA, na noite deste sábado (20), em Maceió, por 4 a 0! Madson, Thonny Anderson, Léo Cittadini e Braian Romero balançaram as redes!

O próximo compromisso do Rubro-Negro é pelas oitavas de final da Conmebol Libertadores! Na quarta-feira (24), o Furacão recebe o Boca Juniors, às 21h30, no Joaquim Américo.

Pelo Brasileirão, o time athleticano volta aos gramados no sábado (27). O adversário será o Cruzeiro, às 19h, no Mineirão.

O jogo começou sob uma forte chuva no Estádio Rei Pelé. O time da casa ensaiou uma pressão, mas o Rubro-Negro mostrou que estava ligado na partida.

A primeira finalização athleticana foi aos 8’. Bruno Nazário bateu da entrada da área, mas o goleiro segurou firme.

O CSA respondeu aos 14’. Depois de falta cobrada pela direita, Ronaldo Alves tocou de cabeça. Caio defendeu no canto direito!

Aos 19’, quase saiu o primeiro gol do Furacão. Thonny Anderson chutou rasteiro de fora da área e o goleiro espalmou. Vitinho apareceu livre na área para pegar o rebote, mas Jordi defendeu novamente!

Depois de um início muito movimentado, o ritmo diminuiu. O Athletico chegou bem aos 33’. Vitinho arriscou de fora da área, mas a bola passou por cima.

O Rubro-Negro passou a dominar a partida e o gol saiu aos 40’. Vitinho cruzou da esquerda. Madson apareceu na segunda trave e testou para o fundo do gol! 1 a 0!

O Furacão quase fez o segundo logo aos 2’ do segundo tempo. Bruno Nazário cobrou falta, mas o goleiro fez um milagre e evitou o gol!

Em desvantagem, o CSA passou a procurar mais o ataque. Aos 11’, Apodi apareceu livre na área pela direita e bateu cruzado, com perigo.

Mas quem marcou foi o Athletico! Aos 14’, Abner cruzou da esquerda, com perfeição. Thonny Anderson desviou de cabeça, no canto esquerdo do goleiro! 2 a 0!

O Rubro-Negro seguiu dominando a partida. Quando chegava ao ataque, levava perigo.

Aos 33’, um lance polêmico. Thonny Anderson roubou a bola do goleiro e ia fazer o gol, quando foi derrubado! O juiz mandou seguir!

Mas o terceiro gol veio aos 40’. Léo Cittadini foi lançado e, cara a cara, tocou na saída do goleiro! 3 a 0!

E se já estava bom, ficou ainda melhor aos 47’. Abner cruzou da esquerda e Braian Romero fechou o placar, de cabeça! 4 a 0!