O Coxa teve a sua primeira após dez jogos de invencibilidade no Brasileirão. Na noite deste domingo (25), o Verdão enfrentou o Operário no estádio Germano Krüger, e o Fantasma venceu por 1 a 0, com gol de Ricardo Bueno, no primeiro tempo.

Pela frente o Coritiba tem um confronto direto na briga pela liderança da Série B, quando irá receber o Náutico na próxima sexta-feira (30), no Couto Pereira, às 20h.

O jogo

Na partida de hoje o Coritiba teve alguns desfalques, começando pelo comando do time que foi com o auxiliar Júlio Sérgio, já que o treinador Gustavo Morínigo foi expulso na última partida, contra o CRB. Além de Morínigo, os laterais Natanael e Igor também cumpriram suspensão, e Val foi o substituto no lado do campo, e Willian Farias não viajou, pois sentiu dores musculares e foi preservado. O auxiliar coxa-branca promoveu as estreias dos pratas da casa Biel e João Vitor, que foram relacionados para o jogo e entraram durante o segundo tempo.

Júlio Sérgio escalou: Wilson, Val, Henrique, Luciano Castan e Guilherme Biro; Jhony (William Alves), Matheus Sales (Robinho), Valdeci (Igor Paixão), Rafinha (João Vitor), Waguininho (Biel) e Léo Gamalho.

O Coritiba encontrou dificuldades para encarar a marcação do Fantasma. Foi um jogo duro, e a primeira vez que o Alviverde conseguiu chegar com perigo no gol do Operário foi aos 31’ do primeiro tempo, com Waguininho recebendo cruzamento, e cabeceando nas mãos do goleiro adversário.

O gol do Operário saiu aos 35’, com Ricardo Bueno, que arrancou sozinho e conseguiu chutar no cantinho da meta do goleiro Wilson.

Na segunda etapa, o Coxa voltou mais ofensivo, com alterações que Júlio Sérgio fez no intervalo, mas não conseguiu chegar ao gol de empate, e teve a primeira derrota após dez jogos sem perder no Brasileiro.