Curitiba será sede do maior evento beneficente de harleiros do mundo, no dia 12 de outubro. São esperadas 2.500 motos Harley Davidson, incluindo motociclistas vindos do Uruguai, da Argentina e dos Estados Unidos, para um passeio pelas ruas da cidade.

Os motociclistas vão sair do Centro Cívico em direção à Pedreira Paulo Leminski, passando por cartões-postais de Curitiba. O evento é em prol do Erastinho, hospital que irá fazer tratamento de crianças com câncer. A unidade está em construção ao lado do Hospital Erasto Gaertner.

Nesta segunda-feira (2/9), o prefeito Rafael Greca recebeu os organizadores do evento.

“Esse é um evento que concilia a responsabilidade social com a promoção turística de Curitiba”, disse Greca.

A programação também faz parte do Outubro Rosa 2019 na cidade, mês de combate ao câncer de mama.

Guinness Book

Durante o passeio de motos, representantes do Guinness Book estarão na cidade para fazer a medição da quantidade de harleiros reunidos.

O prefeito fez um convite para todos que têm uma Harley Davidson se juntarem ao passeio motociclístico. 

“Você que tem uma Harley, no dia 12 de outubro saia de casa também. Vamos somar aos 2.500 visitantes indo do Centro Cívico em direção à Pedreira Paulo Leminski para fazer Curitiba entrar no Guiness Book como a cidade onde os motoqueiros fazem o bem”, afirmou Greca. 

Shows na Pedreira

Após o passeio de motos, no dia 12 de outubro, a Pedreira Paulo Leminski vai receber um grande show nacional de rock, a partir das 16h. Bandas curitibanas de destaque vão se apresentar ao lado do cantor Marcelo Falcão, Raimundos e Frejat. A banda vencedora do Canta Curitiba também vai se apresentar no palco da pedreira.  

No mesmo palco será feita a apresentação da banda vencedora do concurso Viva Rock Latino do bar Hard Rock Café.

Participaram do encontro com o prefeito representantes da loja The One Harley Davidson, integrantes do HOG The One Curitiba Chapter, empresários do Hard Rock Café Curitiba, o secretário de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel, a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro, a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra, e o vereador Beto Moraes.