Em seis dias, mais de 4 mil cursos de programação já foram iniciados dentro da parceria da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte com uma das maiores plataformas de treinamento em tecnologia online do Brasil. Há, ainda, mais de 100 mil atividades realizadas. A parceria é não onerosa, as aulas são gratuitas e começaram dia 1º de outubro. 

Os mais de 4 mil cursos já iniciados estão dentro das 18 trilhas disponíveis, sendo que 450 deles já foram concluídos. Participam das aulas mil professores e 10 mil estudantes de ensino médio regular e profissionalizante da rede estadual. Mais de 6 mil inscritos estão na fila de espera.

As aulas oferecidas contemplam temas como criação de games, aplicativos, canais de YouTube e sites para web e mobile; produção e edição de fotos, vídeos e podcasts; design gráfico em programas como Photoshop e Illustrator; inteligência artificial e programação em linguagens como Java e HTML.

Após o encerramento das aulas, previsto para março de 2021, os estudantes participarão de um evento para compartilhar os trabalhos desenvolvidos.

“Esse é um projeto que nos dá orgulho e que pretendemos ampliar para o ano que vem”, diz secretário da Educação, Renato Feder. “Além de conhecimento, proporciona condições para nossos alunos trilharem uma carreira no futuro em um mercado que cada vez mais busca esses profissionais”, destaca.

ÁREAS – No momento da inscrição, os alunos tiveram opção de escolha entre 18 trilhas disponíveis, que fazem parte de uma das cinco grandes áreas: Programação Mobile, Programação Back-end, Programação Front-end, Design & UX e Data Science.

A mais procurada foi Design & UX, com mais de 4 mil inscrições. Já entre as trilhas, a de produção de foto, áudio e vídeo foi a preferida, com 2.110 escolhas, seguida pelo desenvolvimento de mobile baseado em JavaScript (1.166) e Excel para Data Science (771).

Quem está na fila de espera ainda pode ser chamado para os cursos. Para isso, será necessário que alguma vaga abra por desistência ou inatividade dos aprovados (estudantes que não acessarem e não avançarem nos cursos por 15 dias consecutivos serão eliminados). A comunicação da abertura de novas vagas será feita por e-mail.

Mais informações em www.educacao.pr.gov.br/programacao.