14.1 C
Curitiba
quarta-feira, 22 maio 2024

Deputadas e deputados eleitos em outubro tomam posse na Assembleia Legislativa do Paraná

O plenário da Assembleia Legislativa do Paraná recebeu, na tarde desta quarta-feira (1º), a presença de diversas autoridades, chefes de Poderes, prefeitos, vereadores, familiares e população em geral, para a sessão solene de posse das deputadas e deputados estaduais eleitos em outubro de 2022. Conforme determina a Constituição do Estado e o Regimento Interno da Assembleia, a sessão de posse e instalação da 20º legislatura, foi conduzida pelo deputado Ademar Traiano (PSD), presidente da Assembleia na legislatura anterior, e pelos secretários Luiz Claudio Romanelli (PSD) e Gilson de Souza (PL).

O ato solene contou com a presença de inúmeras autoridades e teve início com a instalação da 20ª Legislatura, período que vai até 31 de janeiro de 2027.

Estiveram presentes o vice-governador Darci Piana; o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Laurindo de Souza Netto; o presidente eleito do Tribunal de Justiça, desembargador Luiz Fernando Tomasi Keppen; o procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacóia; o prefeito de Curitiba em exercício, Eduardo Pimentel; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura; o presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Fernando Augusto Mello Guimarães; e a chefe do escritório do Ministério das Relações Exteriores no Paraná, embaixadora Ligia Maria Scherer.

Na sequência foram proclamados os eleitos em outubro do ano passado. A relação dos 54 parlamentares foi lida pelo deputado Luiz Claudio Romanelli, que secretariou a sessão. Dos 54 parlamentares que tomaram posse, 30 foram reeleitos e 17 assumem o mandato pela primeira vez. Outros sete parlamentares retornam à Assembleia, após terem assumido em legislaturas passadas na condição de suplente ou após cumprirem mandatos de deputado federal e prefeito.

O deputado Ademar Traiano convocou os parlamentares para prestar o compromisso constitucional ratificando, um a um, em pé e seguindo ordem alfabética, com a afirmação “Assim o prometo”, a declaração lida pelo presidente, com o seguinte teor: “Prometo manter, defender e cumprir a Constituição do Brasil e a Constituição do Estado do Paraná e observar as Leis desempenhando lealmente o mandato que me foi confiado pelo povo paranaense e promover o bem do meu Estado”, e assinando o termo de posse.

“Hoje foi o momento da consagração, da glória e da legitimação do processo eleitoral no qual todos os parlamentares tomaram posse nesta Casa Legislativa. Temos a certeza que a Assembleia de uma forma muito harmoniosa convive com os poderes constituídos e com as instituições do nosso Estado, sempre pensando no bem maior que é a coletividade paranaense”, afirmou Traiano, que está assumindo seu nono mandato na Casa.

Os representantes dos demais poderes do Estado também ressaltaram que o diálogo institucional é fundamental para a realização de ações em prol da população paranaense. “É muito importante fortalecer o relacionamento institucional entre os Poderes”, destacou José Laurindo de Souza Netto. “O relacionamento do Poder Executivo é ótimo, assim como com os outros poderes. Tenho certeza que continuaremos o bom diálogo entre as partes”, apontou Darci Piana. “É sempre muito bom nas relações republicanas estarmos irmanados num só ideal, que é o Estado Democrático de Direito”, destacou Giacóia. “Toda nova legislatura tem novas propostas a serem acolhidas. É uma época para as instituições se agregarem num bem comum e em benefício da sociedade”, conclui Fernando Guimarães.

Antes do encerramento da solenidade de posse, Traiano submeteu ao Plenário requerimento antecipando a segunda sessão preparatória da 20ª Legislatura para ser realizada logo após a sessão de posse, para a realização da eleição da nova Mesa Diretora da Casa para o período 2023/2024, correspondente às 1ª e 2ª sessões legislativas da 20ª Legislatura. 

História

A solenidade de posse foi marcada por fatos que, com certeza, marcarão a mais nova legislatura da Casa. Como por exemplo, o deputado Ademar Traiano que foi reeleito para o comando da Casa e assumiu seu nono mandato consecutivo como parlamentar na Casa. “Estou aqui há 32 anos. Eu vivi várias legislaturas e crises profundas, mas cada momento é um momento. Nós contribuímos muito com o estado. O Poder Legislativo inovou e melhorou. Contribuímos financeiramente com o Poder Executivo. Então, creio que temos uma Assembleia, hoje, compromissada com a população”, disse.

Para o deputado Alexandre Curi (PSD), deputado estadual mais votado com 237.033 votos e que segue para o sexto mandato na Casa, a votação histórica impõe um grande responsabilidade para os próximos quatro anos. “É um privilégio essa oportunidade que me deram para mais um mandato”, completou o novo 1º secretário da Assembleia.

O deputado Tercilio Turini (PSD), que assumiu seu quarto mandato no Legislativo estadual, é o parlamentar mais experiente na atual legislatura, com 78 anos. “Fico muito honrado em poder participar de um colegiado tão heterogêneo, com profissionais de tantas áreas diferente e jovens”, disse.

Por outro lado, a deputado Ana Júlia (PT) é a deputada mais nova da legislatura. “Encaro esse desafio com muita responsabilidade por entender que tenho que responder a confiança que me foi depositada nas urnas através de politicas públicas”, apontou.

Já a deputada Marcia Huçulak (PSD) foi a deputada mais votada em todo o estado e em Curitiba, com 75.659 votos. “É um misto de emoção com uma grande responsabilidade, de atuar nessa Casa de Leis e ajudar a população, além de trabalhar pelas mulheres e pela saúde”, ressaltou.  

Confira quem são as deputadas e os deputados estaduais que assumiram o mandato na Assembleia Legislativa:

Adão Litro (PSD) – Nascido em Dois Vizinhos (PR), em 3 de março de 1964, é advogado e assume o primeiro mandato após conquistas 38.020 votos.

Ademar Luiz Traiano (PSD) – Nascido em Francisco Beltrão (PR), em 3 de janeiro de 1953, é advogado, empresário e reeleito com 116.810 votos para seu 9º mandato como deputado estadual.

Alexandre Amaro (Republicanos) – nascido em Santo André (SP), em 10 de setembro de 1973, é radialista e apresentador, eleito com 52.198 votos para seu 2º mandato.

Alexandre Curi (PSD) – nascido em Curitiba (PR) em 9 de abril de 1979, elegeu-se com 237.033 votos para seu 6º mandato. Foi o deputado mais votado nas últimas eleições.

Alisson Wandscheer (PROS) – nascido em Curitiba (PR), em 08 de janeiro de 1977, é advogado, e foi eleito com 41.052 votos para seu primeiro mandato. Na condição de suplente, já ocupou a cadeira de deputado em duas oportunidades, em 2008, quando era o primeiro suplente do então deputado Felipe Lucas, que se licenciou por problemas de saúde e em 2011, por um curto período, quando entrou no lugar de Durval Amaral, que passou a integrar o Governo do Estado.

Ana Júlia (PT) – nascida em Curitiba (PR), em 30 de junho de 2000, é a mais jovem deputada a assumir na Assembleia Legislativa do Paraná. Estudante de Direito, conquistou 51.845 votos e assume o seu primeiro mandato de deputada.

Anibelli Neto (MDB) – nascido em Curitiba (PR), em 18 de setembro de 1973, é médico veterinário e advogado de formação e elegeu-se para o 4º mandato com 49.546 votos.

Arilson Chiorato (PT) – nascido em 1º de janeiro de 1978, em Mandaguaçu (PR), é administrador, foi secretário municipal em Ourizona, chefe de gabinete da Secretaria de Estado de Planejamento e Coordenação Geral do Paraná, assessor parlamentar na ALEP e no Senado; elegeu-se com 76.788 votos para o seu 2º mandato.

Artagão Júnior (PSD) – Nascido em Ponta Grossa (PR), em 20 de janeiro de 1975, é formado em Direito e elegeu-se para o 6º mandato com 65.195 votos.

Batatinha – Oziel Luiz de Souza – nascido em Nova Aurora (PR), em 3 de janeiro de 1971, radialista e apresentador de TV, elegeu-se para o 1º mandato com 47.310 votos.

Cantora Mara Lima (Republicanos) – nascida em Francisco Beltrão (PR), em 7 de janeiro de 1961, é cantora gospel, e assume seu 4º mandato após receber 46.011 votos.

Cloara Pinheiro (PSD) – nascida em Curitiba (PR), em 12 de agosto de 1963, é apresentadora de TV e assume o primeiro mandato ao conquistar 35.151 votos.

Cobra Repórter (PSD) – nascido em Apucarana (PR), em 10 de agosto de 1974, é radialista e elegeu-se para o 3º mandato com 60.730 votos.

Cristina Silvestri (PSDB) – Nascida em Guarapuava (PR), em 16 de março de 1957, é agropecuarista e formada em História, foi suplente de deputada no período 2015/2018 e assumiu a vaga de fevereiro de 2015 a abril de 2018. Assume o 3º mandato após receber 45.202 votos.

Delegado Jacovós (PR), nascido em Cianorte (PR) em 28 de outubro de 1963, é delegado da Polícia Civil e elegeu-se com 57.587 votos para o 2º mandato.

Denian Couto (Podemos) – nascido em Curitiba (PR), em 13 de agosto de 1974, é jornalista e ex-vereador de Curitiba, elegeu-se com 30.075 votos para o seu 1] mandato de deputado estadual.

Do Carmo (União) – nascido em Maringá (PR), em 9 de outubro de 1976, é policial militar, foi vereador em Maringá e elegeu-se para o 2º mandato como deputado com 53.229 votos.

Douglas Fabrício (Cidadania) – nascido em Roncador (PR), em 29 de janeiro de 1969, é administrador e elegeu-se para o 5º mandato com 43.431 votos.

Doutor Antenor (PT) – nascido em Guarapuava (PR), em 12 de janeiro de 1960, é médico, eleito para o 1º mandato com 36.387 votos.

Evandro Araújo (PSD) – nascido em Altônia (PR), em 18 de dezembro de 1973, é professor de ensino superior, foi suplente de deputado, assumindo a vaga em fevereiro de 2015; eleito para o 3º mandato com 35.432 votos.

Fabio Oliveira (Podemos) – nascido em Guarapuava (PR), em 7 de novembro de 1973, é engenheiro, foi eleito para o 1º mandato com 34.640 votos.

Flávia Francischini (União) – nascida em Brasília (DF), em 23 de maio de 1978, é advogada e ex-vereadora de Curitiba, eleita para o 1º mandato com 41.757 votos.

Gilberto Ribeiro (PL) – nascido em Lages (SC), em 1º de julho de 1965, é radialista e apresentador de televisão e elegeu-se para o 4º mandato com 51.749 votos.

Gilson de Souza (PL) – nascido em Curitiba (PR), em 4 de julho de 1961, é bacharel em Teologia e pastor evangélico, foi eleito para o 4º mandato com 54.976 votos.

Goura (PDT) – nascido em Curitiba (PR), em 5 de novembro de 1979, foi assessor da Prefeitura de Curitiba, vereador e elegeu-se para seu 2º mandato como deputado estadual com 46.227 votos.

Gugu Bueno (PSD) – nascido em Cascavel (PR), em 23 de março de 1983, é advogado, foi suplente de deputado na legislatura passada, assumiu o mandato por quase dois anos, e retorna à Assembleia para assumir de forma efetiva seu 1º mandato após conquistar 44.852 votos.

Hussein Bakri (PSD) – nascido em União da Vitória (PR), em 24 de novembro de 1965, é relações públicas, foi vereador e prefeito de União da Vitória, líder do Governo na Assembleia Legislativa e assume seu 3º mandato após receber 97.681 votos.

Luciana Rafagnin (PT) – nascida em Francisco Beltrão, em 10 de setembro de 1965, é cientista política, agricultora familiar, foi vereadora em sua cidade natal, e elegeu-se para o 5º com 46.823 votos.

Luis Corti (PSB) – nascido em Dois Vizinhos (PR), em 1º de setembro de 1962, é médico veterinário e advogado, já ocupou a função de deputado estadual na condição de suplente e assume seu 1º mandato efetivo após receber 26.884 votos

Luiz Claudio Romanelli (PSD) – nascido em Londrina (PR), em 19 de janeiro de 1957, é advogado e elegeu-se para o 8º mandato com 101.175 votos.

Luiz Fernando Guerra (União) – nascido em Pato Branco (PR), em 18 de dezembro de 1984, é advogado e elegeu-se para o 2º mandato com 58.393 votos.

Mabel Canto (PSDB) – nascida em Clevelândia (PR), em 9 de abril de 1985, é advogada, radialista, filha do ex-prefeito e ex-deputado Jocelito Canto; foi eleita para o 2º mandato com 70.215 votos.

Marcel Micheletto (PL) – nascido em Toledo (PR), em 26 de abril de 1979, foi prefeito de Assis Chateaubriand por dois mandatos, foi presidente da Associação dos Municípios do Paraná e elegeu-se para seu 2º mandato com 73.655 votos.

Marcelo Rangel (PSD) – nascido em Ponta Grossa (PR), em 10 de setembro de 1970, é empresário, radialista, já foi deputado estadual por dois mandatos e prefeito de Ponta Grossa, também por dois mandatos. Recebeu 42.002 votos. Após tomar posse, o deputado pediu licença da função para assumir a Secretaria de Inovação Modernização e Transformação Digital do Governo do Estado.

Marcia Huçulak (PSD) – nascida em Tangará (SC), em 22 de novembro de 1961, é enfermeira, ex-secretária de Saúde de Curitiba, assume seu 1º mandato após receber 75.659 votos, sendo a deputada mais votada nas últimas eleições.

Marcio Nunes (PSD) – nascido em Campo Mourão (PR), em 4 de março de 1966, é engenheiro agrônomo e produtor rural, elegeu-se para o 3° mandato com 126.006 votos.

Marcio Pacheco (Republicanos) – nascido em Boa Esperança (PR), em 6 de abril de 1977, é agente da Polícia Federal e elegeu-se para o 3º mandato com 36.423 votos.

Maria Victoria (PP) – nascida em Maringá (PR), em 1º de fevereiro de 1992, é empresária e elegeu-se para o 3º mandato com 52.819 votos.

Marli Paulino (Solidariedade) – nascida em Goioerê (PR), em 7 de abril de 1965, é comerciante, ex-prefeita de Pinhais e assume seu primeiro mandato como deputada estadual ao conquistar 41.263 votos.

Matheus Vermelho (PP) – nascido em Salto do Lontra (PR), em 15 de janeiro de 1986, é empresário e assume o primeiro mandato ao receber 29.484 votos.

Mauro Moraes (União) – nascido em Tomazina (PR), em 2 de março de 1950, é advogado e elegeu-se para o 6º mandato com 44.126 votos. Após a posse, o deputado pediu licença da função para assumir a Secretária de Estado do Trabalho, Qualificação e Renda.

Moacyr Fadel (PSD) – nascido em Ponta Grossa (PR), em 3 de setembro de 1970, é agrônomo, foi prefeito de Castro, ex-presidente da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) e da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), assume o 1º mandato como deputado ao receber 41.588 votos.

Ney Leprevost (União) – nascido em Curitiba (PR), em 26 de outubro de 1973, foi deputado estadual entre os anos de 2011 e 2018. Em 2019 assumiu como deputado federal e retorna à Assembleia Legislativa após receber 76.592 votos.

Paulo Gomes (PP) – nascido em Curitiba (PR), em 10 de novembro de 1971, é servidor público, apresentador de TV, elegeu-se para o 1º mandato com 55.302 votos.

Professor Lemos (PT) – nascido em Barra de São Francisco (ES), em 14 de outubro de 1963, é professor, assumiu vaga na Alep como suplente em 2007 e elegeu-se para o 5º mandato com 119.915 votos.

Renato Freitas (PT) – nascido em Curitiba (PR), em 12 de dezembro de 1983, é advogado e ex-vereador de Curitiba, assume seu 1º mandato de deputado ao conquistar 57.880 votos.

Requião Filho (PT) – nascido em Curitiba (PR), em 24 de outubro de 1979, é advogado e especialista em Políticas Públicas. Elegeu-se para o 3º mandato com 85.676 votos.

Ricardo Arruda (PL) – nascido em São Paulo (SP), em 24 de abril de 1962, é empresário e elegeu-se para o 3º mandato com 68.731 votos.

Samuel Dantas (PROS) – nascido em Assaí (PR), em 23 de outubro de 1992, é empresário, foi militar do Exército e policial do BOPE, eleito para o 1º mandato com 29.322 votos.

Soldado Adriano José (PP) – nascido em Santo Inácio (PR), em 19 de novembro de 1981, é policial militar e se elegeu para o 2º mandato com 36.209 votos.

Tercílio Turini (PSD) – nascido em Londrina (PR), em 1º de agosto de 1944, é médico, foi suplente de deputado em 2010, assumindo em 2013; elegeu-se para o 4º mandato com 37.704 votos.

Thiago Bührer (União) – nascido em São José dos Pinhais (PR), em 26 de novembro de 1983, é fisioterapeuta e terapeuta ocupacional, foi vice-prefeito de São José dos Pinhais, além de secretário municipal, e eleito para o 1º mandato de deputado com 50.948 votos.

Tiago Amaral (PSD) – nascido em Londrina (PR), em 18 de julho de 1986, é advogado e elegeu-se para o 3º mandato com 112.731 votos.

Tito Barichello (União) – nascido em Caçador (SC), 2 de janeiro de 1966, é delegado de Polícia, elegeu-se para o 1º mandato com 58.766 votos.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS