Desde o início da partida, o Palmeiras impôs seu ritmo e não demorou para abrir o placar. Aos 7’, Patrick de Paula recebeu na área, girou e bateu com força.

Com o time muito modificado, em função de vários desfalques causados pela COVID-19, o Athletico tinha dificuldades para chegar ao ataque.

O Palmeiras marcava avançado, não dava espaços e conseguiu ampliar aos 34’, com Rony completando cruzamento da direita.

Paulo Autuori tentou alterar o panorama com duas mudanças no intervalo. Mas, logo aos 5’, o Palmeiras chegou ao terceiro gol e definiu a partida. Em cobrança de escanteio, Rony marcou mais um.

A partir daí, o time da casa administrou a vantagem e o Athletico não teve forças para reagir. O placar ficou mesmo em 3 a 0 para o time paulista.

Agora, o Athletico volta a se concentrar para mais um imenso desafio na temporada. Na próxima terça (1º), o Furacão enfrenta o River Plate, na Argentina, no jogo de volta pelas oitavas de final da CONMEBOL Libertadores.