18 C
Curitiba
quinta-feira, 25 abril 2024

Márcia Huçulak: Telessaúde amplia e melhora o atendimento da população

A deputada estadual Márcia Huçulak (PSD) apresentou projeto de lei que regulamenta a telessaúde no Paraná. A medida ajuda a ampliar e melhorar os serviços de saúde para a população do Paraná.

A regulamentação contempla serviços à distância de consultas, triagem de pacientes e diagnóstico, por exemplo.

O atendimento pode ser feito à distância, por meio de áudio ou videochamadas, evitando deslocamentos das pessoas.

Márcia reforça que sempre que esse atendimento identificar a necessidade o paciente deve ser encaminhado ao contato pessoal.

Ex-secretária de saúde de Curitiba, a deputada lembra que os recursos do telessaúde foram usados com sucesso durante a pandemia de covid-19.

Na capital, eles ajudaram a atender todos os casos suspeitos e confirmados da doença, bem como foram fundamentais nas orientações à população.

A Central Saúde Já, por exemplo, foi criada por Márcia durante a pandemia e desde então já prestou mais de 680 mil atendimentos de moradores de Curitiba.

“A telessaúde veio para ficar. Ela permite que se amplie e também que se melhore o atendimento para a população. Em grande parte das vezes não é necessário fazer os deslocamentos até o local para uma consulta simples”, diz ela.

O projeto apresentado por Márcia será tema de uma audiência pública na Assembleia antes de ser votado pelos deputados.

A deputada tomou o cuidado de que sua proposta assegure os princípios éticos dos profissionais e também de zelar pela segurança, privacidade, confidencialidade e integridade dos dados dos pacientes.

Ou seja, a relação entre o profissional de saúde e o paciente continua sendo feito nos mesmos padrões dos encontros presenciais.

Luta por mais recursos para a Saúde
Márcia Huçulak vem lutando para melhorar o financiamento do sistema de saúde.

Na Conferência Estadual da Saúde do Paraná (foto), que reuniu mais de 1.500 pessoas (usuários, gestores, profissionais e prestadores de serviços), ela explicou que as fontes de recursos podem comprometer o atendimento da população.

Isso acontece porque o setor público precisa investir mais. Márcia explicou que os gastos com saúde no Brasil somam 9% do Produto Interno Bruto (que é soma de toda riqueza de um país), mas a maior parte (5,8%) é de gasto do setor privado. Para garantir atendimento de qualidade a todos, o gasto público precisa aumentar.

Por que a fala de Márcia na conferência é importante? Porque a conferência encaminha uma série de sugestões que serão aplicadas nas políticas públicas do setor.

Enfermagem presta cuidado mais próximo dos pacientes
Enfermeira de formação, que se especializou em gestão de saúde (na Inglaterra), Márcia Huçulak destaca a importância do trabalho de enfermagem para a saúde das pessoas.

Entre 12 e 20 de maio, ocorreu a Semana da Enfermagem, que desenvolve ações de valorização da profissão em todo o país.

“A enfermagem é a ciência do cuidado, exerce uma função primordial na saúde, na medida em que é responsável pela maior parte dos cuidados diretos ao paciente”, diz Márcia.

Como secretária, ela valorizou a enfermagem na Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba. Como deputada estadual, ela continua trabalhando para manter a saúde e seus profissionais como prioridade das gestões públicas.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 117 | ABRIL/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS