O Ministério da Educação suspendeu nesta terça-feira (28) o pagamento de parcelas do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) por causa da pandemia da Covid-19. A medida vale enquanto durar o estado de calamidade pública e tem validade imediata. 

De acordo com a Resolução que institui a suspensão, podem requerer a suspensão do pagamento os estudantes que estavam com a parcela em dia até 20 de março, quando foi decretado o estado de calamidade pública e aqueles que estavam com o pagamento em atraso por, no máximo, 180 dias, também até o dia 20 de março. 

“Bolsa Formação do MEC melhora qualidade do ensino tecnológico do País”, diz secretário

Em maio, o governo havia publicado outra resolução que também interrompia o pagamento. Os estudantes que estavam enquadrados nela vão poder prorrogar a suspensão assim que terminar o primeiro benefício. 

Nesta terça-feira o MEC abriu as inscrições para o Fies do segundo semestre deste no. Os interessados podem se inscrever no site fies.mec.gov.br.