Um atropelo em vermelho e preto. Diante de mais de 63 mil torcedores, o Flamengo acabou com o Grêmio no jogo de volta da semifinal da Libertadores. Na noite desta quarta, a equipe comandada por Jorge Jesus fez uma de suas melhores partidas no ano, e não perdoou a equipe gaúcha. Depois do empate em um a um no jogo de ida, o Rubro Negro tinha a vantagem do empate em zero a zero, mas não quis saber de administrar o resultado e fez cinco a zero no Tricolor. 

Apesar das chances criadas ao logo de todo o primeiro tempo, a bola só foi balançar as redes aos 41 minutos. Gabigol finalizou, Paulo Victor defendeu e a bola caiu nos pés de Bruno Henrique que mandou para dentro. 

Na segunda etapa, o espetáculo. Após cobrança de escanteio e desvio da zaga, Gabigol pegou de primeira e ampliou a vantagem logo no primeiro minuto. E tinha mais. Aos sete, Bruno Henrique sofreu pênalti. Gabigol bateu sem chances e fez o segundo dele na partida e o terceiro do Fla. A pressão não diminuiu e aos 21 foi a vez do zagueiro Pablo Marí deixar o dele após escanteio. E o golpe de misericórdia também veio pelo alto. Éverton Ribeiro cruzou e Rodrigo Caio fechou a conta. Flamengo cinco, Grêmio zero. O Fla retorna à uma final de Libertadores após 38 anos. A decisão será contra o River Plate, dia 23 de novembro.