O Mercado Municipal completou 61 anos nesta sexta-feira (2/8) como referência de produtos de qualidade e de segurança alimentar e nutricional. Para celebrar, uma novidade: todas as quartas-feiras será feita a Happy Hour do Mercado, com música ao vivo e petiscos.

O anúncio foi feito pelo prefeito Rafael Greca nesta sexta-feira (2/8), durante as comemorações do aniversário. A Happy Hour no Mercado será feita perto da entrada principal pela Avenida Sete de Setembro e terá início ainda em agosto. Vai ter música, drinques e aperitivos.

“Vamos criar um ponto de encontro dos curitibanos no entorno do Mercado Municipal. Para isso vamos ampliar o horário de funcionamento nas quartas”, disse o prefeito.

Banco de alimentos

Durante o evento, o prefeito também assinou um protocolo de intenções entre a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, e a Associação dos Comerciantes Estabelecidos no Mercado Municipal de Curitiba (Ascesme).

O documento estabelece a redução do desperdício de alimentos no mercado e a gestão de resíduos no Programa Banco de Alimentos do Município de Curitiba. 

“Aquilo que ia ser desperdiçado vai ser usado para alimentar os mais carentes, os vulneráveis. Isso deixa a cidade mais justa, melhor”, disse Greca. 

Bolo conceito

A festa de 61 anos também contou com um bolo de 61 quilos feito de biomassa com amido resistente de banana verde, com baixo teor de açúcar e nada de lactose.

O bolo coletivo foi decorado por oito pessoas: um cartunista, uma designer de joias, um barista e uma florista do mercado, um artista plástico, uma estilista, uma pâtissiere e uma artista que faz cosplay. 

Tradição

O Mercado Municipal é um dos pontos turísticos preferidos de quem visita Curitiba. Por semana circulam cerca de 65 mil pessoas pelos corredores.

O local conta com o primeiro Setor de Orgânicos do Brasil, inaugurado em 2009, com ampla oferta de produtos livres de agrotóxicos e aditivos químicos, além de um restaurante, um café e uma lanchonete.

Em 2010, o Mercado Municipal foi reformado e ampliado, passando a ocupar toda a quadra entre a Avenida Sete de Setembro e a Avenida Presidente Affonso Camargo.